Análise das Competências em Informação dos idosos no uso das tecnologias digitais

  • Bárbara Ferreira Carneiro UFC
Palavras-chave: Competência em Informação. Necessidade Informacional. Tecnologias digitais. Velhice. Terceira Idade.

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo analisar as competências em informação dos idosos no uso de tecnologias digitais. Para tal, adota como objetivos específicos: a) identificar as necessidades informacionais dos idosos; b) verificar como os idosos utilizam variados recursos e fontes informacionais no âmbito digital; e, c) examinar os aspectos cognitivos, situacionais e afetivos relacionados, respectivamente, ao saber, ao saber-fazer e ao saber-agir da competência em informação. Tem como pressuposto o fato de que a competência em informação supera abordagens preocupadas apenas com as habilidades voltadas à solução de problemas em atividades formais, constituindo-se em fator crítico para a realização de outras atividades, as quais ressaltam diferentes naturezas da informação. Quanto aos procedimentos metodológicos, a pesquisa se ampara na abordagem qualitativa e no método exploratório e descritivo. Para a coleta de dados, privilegia a interação face a face através da realização de entrevistas com idosos que utilizam tecnologias digitais. A técnica utilizada para a interpretação dos dados foi a análise de conteúdo. Por meio do mapeamento das competências informacionais, destaca que os idosos entrevistados, em sua maioria, demonstram interesse em continuar a aprender sobre as tecnologias digitais e suas ferramentas. Os resultados da pesquisa apontam que, apesar das dificuldades encontradas, os respondentes têm curiosidade em conhecer os avanços tecnológicos e alimentam o desejo de aprender cada vez mais sobre as ferramentas disponíveis. Ainda que, por vezes, os idosos apresentem certo receio e resistência ao novo, vale destacar que, em muitos outros momentos, há um sentimento de motivação e interesse pelo aprendizado, sempre com vistas à conquista de independência em tarefas associadas à tecnologia. Desse modo, conclui que a utilização das tecnologias digitais pode proporcionar uma maior autonomia dos idosos, contribuindo positivamente com sua qualidade de vida, além de cooperar com outras pesquisas sobre o desenvolvimento da competência em informação em contextos digitais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-30
Como Citar
CARNEIRO, B. F. Análise das Competências em Informação dos idosos no uso das tecnologias digitais. Informação em Pauta, v. 3, n. 2, p. 137-138, 30 dez. 2018.
Seção
Resumos de Dissertações e Teses