A análise de domínio na construção de linguagens documentárias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32810/2525-3468.ip.v3i2.2018.39572.139-141

Palavras-chave:

Análise de Domínio. Construção de Linguagens Documentárias. Análise de Domínio Instrumental. Linguagens Documentárias.

Resumo

A pesquisa aponta a necessidade de discutir a Análise de Domínio na etapa de delimitação do domínio, compreendendo os aspectos que influenciam na sua identificação e na sua abordagem prática. Investiga a contribuição da Análise de Domínio na etapa de delimitação do domínio nocional das Linguagens Documentárias. Tem como objetivo geral investigar a Análise de Domínio e suas contribuições para a construção de Linguagens Documentárias. Os objetivos específicos são: apresentar os conceitos e os aspectos que compõem as tendências metodológicas e teóricas da construção de Linguagens Documentárias; apresentar o método terminográfico como instrumento metodológico utilizados nas Linguagens Documentárias; investigar a Análise de Domínio no contexto da Ciência da Informação; e as contribuições da Análise de Domínio no desenvolvimento da etapa de delimitação de domínio na construção de Linguagens Documentárias. A questão que justifica esta pesquisa é responder de que modo a Análise de Domínio contribui na etapa de delimitação do domínio para a construção de Linguagens Documentárias. A pesquisa é exploratória e bibliográfica, utilizando o aporte da abordagem qualitativa e o Funcionalismo como método científico. Contempla uma revisão bibliográfica que apresenta a evolução das Linguagens Documentárias a partir da Linguística Documentária e da Terminologia, além de explicar a inserção da Análise de Domínio enquanto paradigma da Ciência da Informação.  Recapitula a função das metodologias terminológicas utilizadas na construção de linguagens de representação. Utiliza a Análise de Conteúdo de Bardin (2011) para viabilizar a análise e o apontamento das categorias e, posteriormente, a discussão dos seus resultados.  Por meio das inferências do referencial teórico, os resultados demonstraram que a Análise de Domínio é um paradigma já estabelecido e utilizado em pesquisas, enquanto abordagem que resgata aspectos epistemológicos, ontológicos, socioculturais e terminológicos. Aponta a existência de dois tipos de aplicabilidades metodológicas: a Análise de Domínio Instrumental e a Análise de Domínio Descritiva (TENNIS, 2012) e às 11 possibilidades de abordagem analítica de domínio na Ciência da Informação (HJØRLAND 2002), dentre as quais aquelas que se referem à elaboração de sistemas de classificações e linguagens especializadas para fins de representação. Demonstra a utilização dos elementos e dos eixos apresentados por Tennis (2003, 2012) que simulam o estudo inicial de definição e delimitação de um domínio. Descobriu que a Web of Science, e as ferramentas bibliométricas são utilizadas na Análise de Domínio, possibilitando observar uma determinada comunidade discursiva e seu respectivo domínio. Conclui que a Análise de Domínio trabalha com comunidades discursivas capaz de fornecer a garantia literária, presente nos documentos de uma determinada área de domínio, ou seja, configurando o sistema nocional de uma determinada linguagem. Nessa perspectiva a Análise de Domínio, suas metodologias, instrumentos e técnicas podem contribuir para a delimitação do domínio na construção das Linguagens Documentárias, sendo necessárias mais pesquisas que instrumentalizam esta etapa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-30

Como Citar

MORAIS, Natanna Santana de. A análise de domínio na construção de linguagens documentárias. Informação em Pauta, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 139–141, 2018. DOI: 10.32810/2525-3468.ip.v3i2.2018.39572.139-141. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/39572. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Resumos de Dissertações e Teses