Abordagens dos usuários da informação por profissionais da informação e da informática

Autores

  • Eliane Cristina de Freitas Rocha Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.32810/2525-3468.ip.v4iEspecial.2019.41036.44-61

Palavras-chave:

Usuário. Bibliotecário. Analista de tecnologia da informação. Usuário da informação. Usuário de sistemas de informação.

Resumo

Este artigo apresenta reflexões originadas e ampliadas de trabalho de tese realizado sobre as abordagens dos usuários da informação por profissionais da informação e da informática, sob orientação da professora Adriana Bogliolo Sirihal Duarte. Apresenta discussão sobre o conceito de usuário da informação, de sistemas de informação e de produtos interativos como categorias distintas. No que diz respeito ao trabalho dos profissionais da informação e da informática, há o predomínio da abordagem tradicional dos estudos de usuários na prática de ambos os perfis profissionais, marcada pelo empirismo e tecnicismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Cristina de Freitas Rocha, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Ciência da Informação, Mestre em Comunicação Social

Professora da Escola de Ciência da Informação - UFMG

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Mediação da informação e múltiplas linguagens. Pesq. bras. Ci. Inf., Brasília, v.2, n.1, p.89-103, jan./dez. 2009.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Estudos de usuários: uma abordagem na linha ICS. In: REIS, A. S; CABRAL, A. M. R. (Org.). Informação, Cultura e Sociedade: interlocuções e perspectivas. Belo Horizonte: Novatus, 2007. p. 81-100.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Estudos de usuários conforme o paradigma social da ciência da informação: desafios teóricos e práticos de pesquisa. Informação & Informação, Londrina, v. 15, n. 2, p. 23-39, jul./dez. 2010.

COURTRIGHT, Christina. Context in Information Behavior Research. Annual Review of Information Science and Technology, v. 41, p. 273-306, 2007.

HJØRLAND, B. Theory and metatheory of information science: a new interpretation. Journal of Documentation, v.54, n.5, p. 606-621, 1998.

BAPTISTA, Sofia Galvão; CUNHA, Murilo Bastos da. Estudo de usuários: visão global dos métodos de coleta de dados. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 12, n.2, p. 168-184, maio/ago./2007.

GONZÁLEZ TERUEL, Aurora. Los estudios de necessidades y usos de la información: fundamentos y perspectivas actuales. Ediciones Trea S. L., 2005.

LE COADIC, Yves-François. A ciência da informação. 2 ed. rev. e atual. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

MANOVICH, Lev. The language of new media. Massachusetts: MIT Press, 2001.

MCKENZIE, P.J. A model of information practices in accounts of everyday-life information seeking. Journal of Documentation, v. 59, n.1, pp. 19-40, 2003.

NASCIMENTO, Luciano Prado Reis. O usuário e o desenvolvimento de sistemas. Florianópolis: Visual Books, 2003. Cap. 1/3.

ORTEGA Y GASSET, José. Missão do bibliotecário (1935). Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2006.

ROCHA, E. C. F. Usuário da informação, um velho (?) (des)conhecido: usuários da informação em diferentes profissões da informação. 2013. 364 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.

ROCHA, E. C. F.; SIRIHAL DUARTE, A. B. . Reflexões sobre os paradigmas de estudo da usabilidade na Ciência da Informação. Datagramazero (Rio de Janeiro), v. 14, p. 01-11, 2013.

ROCHA, E. C. F.. Information Users X Interactive Users: Different Subjects Challenging Different Information Professionals. Annual International Conference on Library and Information Science, 2., 2016, Atenas. ATINER'S Conference Paper Series. Atenas: Athens Institute for Education and Research, 2016.

SAVOLAINEN, R. Information Behavior and Information Practice: Reviewing the "Umbrella Concepts" of Information-Seeking Studies. Library Quarterly, v.77, n.2, p 109-132. 2007.

SAVOLAINEN, R. Conceptualizing information need in context. Information Research, v.17, n.4., 2012. Disponível em < http://InformationR.net/ir/17-4/paper534.html>

TALJA, Sanna. Constituting “information” and “user” as research objects: a theory of knowledge formations as an alternative to the information man - theory. In: VAKKARI, P.; SAVOLAINEN, R.; DERVIN, B (Ed). Information seeking in context. Taylor Graham Publishing, London, UK, 1997.

WILSON, T.D.. Models in information behaviour research, Journal of Documentation, v. 55, n 3, pp. 249 – 270. 1999.

ZILLER, Joana; MOURA, Maria Aparecida. Semiose e fluxos informacionais: os agenciamentos coletivos e a condição de usuário em ambientes digitais. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.6, n.2, p. 324-340, set. 2010.

Downloads

Publicado

2019-05-13

Como Citar

ROCHA, Eliane Cristina de Freitas. Abordagens dos usuários da informação por profissionais da informação e da informática. Informação em Pauta, [S. l.], v. 4, n. Especial, p. 44–61, 2019. DOI: 10.32810/2525-3468.ip.v4iEspecial.2019.41036.44-61. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/41036. Acesso em: 20 abr. 2024.