Memória, Cidade e Bibliofilia

  • Hanna Sandy de Oliveira Universidade Federal do Ceará
  • Lidia Eugenia Cavalcante Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Bibliofilia. Lugares de memória. História do Livro. Cidade e patrimônio literário.

Resumo

Investiga as relações entre memória, cidade e bibliofilia mediante revisão de literatura e sob o ponto de vista dos autores estudados. Trata também dos lugares de memória, apresentando a cidade como lugar de memória, vislumbrando a construção da identidade dos sujeitos a partir do que é dado a ler e a ver em seu patrimônio literário. Traz, por fim, a possibilidade da memória dos lugares através dos livros, mediante registros de memórias orais e em livros de ficção, vislumbrando a literatura como meio de retratar um contexto social, época e tempo. Apresenta conceitos de bibliofilia, de sua possível origem e as diferentes conotações que o termo carregou ao longo dos séculos, assim como breve histórico da bibliofilia no Brasil. Os resultados deste estudo apontam que o bibliófilo possui relação com a memória como colecionador de livros e estudioso de sua história, cujo papel é essencial na constituição de acervos raros e memorialísticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hanna Sandy de Oliveira, Universidade Federal do Ceará

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará.

Lidia Eugenia Cavalcante, Universidade Federal do Ceará

Professora do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação – PPGCI/UFC.

Referências

ABREU, Maurício de Almeida. Sobre a memória das cidades. Revista da Faculdade de Letras - Geografia, Porto, v. 14, p. 77-97, 1998.

ARISTÓTELES. Poética. Lisboa: INCM, 2003.

BACHELARD, Gaston. A filosofia do não; O novo espírito científico; A poética do espaço. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

BASBANES, Nicholas A. A gentle madness: bibliophiles, bibliomanes, and the eternal passion for books. Nova Iorque: H. Holt and Co., 1995.

BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). Divisão de Obras Raras. Planor. Critérios de raridade [e] Catálogo Coletivo do Patrimônio Bibliográfico Nacional - CPBN: séculos XV e XVI. Rio de Janeiro: FBN, [2000]. Disponível em: <http://planorweb.bn.br>. Acesso em: 18 de mar. 2018.

BOSI, Ecléa. Lembranças de velhos. São Paulo: Edusp, 1979.

CALVINO, Ítalo. As cidades invisíveis. São Paulo: Companhia das letras, 1990.

CAMINHA, Adolfo. A Normalista. 1893. Disponível em: <http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/normalista.pdf>. Acesso em: 07 dez. 2017.

DARNTON, Robert. O beijo de Lamourette: mídia, cultura e revolução. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

DE BURY, Richard. The Philobiblion. Translated by Ernest Chester Thomas. London: De La More Press, 1903. 186 p.

FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). Divisão de Obras Raras. Planor. Critérios de raridade [e] Catálogo Coletivo do Patrimônio Bibliográfico Nacional - CPBN: séculos XV e XVI. Rio de Janeiro: FBN, [2000].

HALBWACHS, Maurice. Memória coletiva. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais ltda., 1990.

JACOB, Christian. Prefácio. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian. O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2008, p. 9.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990.

MARCO, Valeria De. O romance histórico de José de Alencar. Revista de Letras, Fortaleza, v. 29, n.1, p. 106-113, 2009.

MINDLIN, José. Uma vida entre livros: reencontros com o tempo. São Paulo: EDUSP; Companhia das Letras, 1998. 232p.

MOARES, Rubens Borba de. O bibliófilo aprendiz. São Paulo: Ed. Nacional, 1975.

NAVA, Pedro. Baú de ossos. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em História e do Departamento de História da PUC-SP, São Paulo, n. 10, p. 21, dez. 1993.

PAIVA, Manuel de Oliveira. Obra Completa. Rio de Janeiro: Graphia Editorial, 1993.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. O Imaginário da cidade: visões literárias do urbano; Paris, Rio de Janeiro, Porto Alegre. 2. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2002.

PINHEIRO, Ana Virginia. Livro Raro: antecedentes, propósitos e definições. In: SILVA, Helen C.; BARROS, Maria Helena T. C. de (Org.). Ciência da Informação: múltiplos diálogos. Marília: Oficina Universitária Unesp, p. 31-44. 2009.

REIFSCHNEIDER, Oto Dias Becker. A bibliofilia no Brasil. 2011. 303 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

Publicado
2019-12-27
Como Citar
OLIVEIRA, H. S. DE; CAVALCANTE, L. E. Memória, Cidade e Bibliofilia. Informação em Pauta, v. 4, n. 2, p. 137-155, 27 dez. 2019.