Teletrabalho (Telework)

uma prospecção para a Editora Universitária da UFPB

  • Sâmella Arruda Araújo Universidade Federal da Paraíba
  • Fabiana da Silva França Universidade Federal da Paraíba
  • Geisa Fabiane Ferreira Cavalcante Universidade Federal da Paraíba
  • Izabel França de Lima Universidade Federal da Paraíba
  • José Washington de Morais Medeiros Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Teletrabalho, Organização do Trabalho, Editora Universitária – UFPB

Resumo

Com o avanço das Tecnologias de Informação e de Comunicação (TIC) e as mudanças que acompanham a sociedade, novas formas de flexibilização das relações de trabalho têm se disseminado. Entre elas, destaca-se o teletrabalho, em que o indivíduo executa as atividades no home office, mantendo o vínculo de emprego formal com a organização. Neste sentido, este artigo tem como objetivo investigar a viabilidade da implantação do teletrabalho para os servidores da Editora Universitária da Universidade Federal da Paraíba (EDUFPB), a partir da análise do fluxo que inicia com o recebimento do arquivo enviado pelo autor para a revisão textual até o envio para a impressão final do livro, ou até a publicação on-line, isto no caso dos e-books. Nesta pesquisa documental, a metodologia utilizada é de natureza qualitativa. Os resultados permitiram identificar as possibilidades de implantação do teletrabalho. Nesse contexto, o teletrabalho é uma opção para os que desempenham função ligada diretamente ao uso de tecnologias para desenvolver suas atividades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Izabel França de Lima, Universidade Federal da Paraíba
Doutora em Ciência da Informação pela UFMG. Professora do PPGCI e do PPGOA/UFPB.

Referências

ADOBE, InDesign. Disponível em : https://www.adobe.com/br/products/indesign.html Acesso 26/02/2019.

ADOBE, Photoshop. Disponível em : https://www.adobe.com/br/products/photoshop.html?promoid=PC1PQQ5T&mv=other Acesso 26/02/2019.

ADOBE, Illustrator. Disponível em : https://www.adobe.com/br/products/illustrator.html Acesso 26/02/2019.

ALVES, Mariane Cássia Rodrigues. A adoção do teletrabalho pelo tribunal regional eleitoral do distrito federal – TRE/DF: um estudo acerca dos possíveis impactos na qualidade de vida no trabalho dos servidores. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Gestão Pública) – Escola Nacional de Administração Pública. Brasília: ENAP, 2018. Disponível em : http://repositorio.enap.gov.br/bitstream/1/3436/1/Mariane%20C%C3%A1ssia%20Rodrigues%20Alves%20-%20TCC%20-%20EGP%2011%20-%20GEP.pdf Acesso 04/02/2019.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EDITORAS UNIVERSITÁRIAS. Quem somos. São Paulo: ABEU, 2019. Disponível em: http://www.abeu.org.br/quem-somos. Acesso em: 04 fev. 2018.

BAUMAN, Z. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001.

BUFREM, L. S. Editoras Universitárias no Brasil: uma crítica para a reformulação da prática. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2015.

CARDOSO, Rafael. Uma introdução a história do design. Rio de Janeiro: Edgard Blucher, 2004.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CAVALCANTE, Geisa Fabiane Ferreira. LIMA, Izabel França de. Gerenciamento da Rotina do Trabalho em Editoras Universitárias Públicas na Perspectiva da Sociedade da Informação. Periódico Perspectivas em Gestão & Conhecimento (PG&C), João Pessoa, v. 5, n. 2, p. 25-44, 2016. Disponível em http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/mpgoa/article/view/31333. Acesso em: 25 fev. 2019.

CAVALCANTE, Geisa Fabiane Ferreira. UFPB: Uma História Fundamentada em Dados - Trabalho de Conclusão de Curso (Mestrado em Gestão nas Organizações Aprendentes) – Universidade Federal da Paraíba - Centro de Educação Centro de Ciências Sociais Aplicadas. Disponível em : https://sigaa.ufpb.br/sigaa/verProducao?idProducao=1083640&key=6c4dc36273c7b31bb19b90a018afa767. Acesso em: 20 fev. 2019.

CAMPOS, Vicente Falconi. Gerenciamento da rotina do trabalho do dia-a-dia. 8. ed. Belo Horizonte: Nova Lima, 2004.
DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO. Disponível em : http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/39382838/do1-2018-09-03-instrucao-normativa-n-1-de-31-de-agosto-de-2018-39382704 . Acesso em 04/01/2019.

DUARTE, Emeide Nóbrega. Reflexões sobre o estado da arte da gestão da informação e do conhecimento por Emeide Nóbrega Duarte. Periódico Perspectivas em Gestão & Conhecimento (PG&C), João Pessoa, v. 8, n. 2, p. 194-204, 2018. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/res/v/51198. Acesso em: 04 fev. 2019.
GRUSZYNSKI, Ana Cláudia. Design Gráfico: Entre o Invisível e o Ilegível. Compós - Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. Disponível em: http://www.compos.org.br/data/biblioteca_1327.pdf. Acesso em: 26 fev. 2019.

JARDIM, C. C. da S. O teletrabalho e suas atuais modalidades. São Paulo: LTr/Biblioteca LTr, 2004.

DE MASI, Domenico – O Futuro do Trabalho – Fadiga e Ócio na Sociedade Pós-Industrial. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 2000.

MARQUES NETO, J. C. ROSA, F. G. Editoras universitárias: academia ou mercado? Reflexões sobre um falso problema. In: BRAGANÇA, A; ABREU. M. (Org.). Impresso no Brasil: dois séculos de livros brasileiros. São Paulo: Editora UNESP, 2010.

MARTINS FILHO, P. ROLLEMBERG, M. EDUSP: um projeto editorial. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001.

MÉLO, Alexsandro de Sousa. VIABILIDADE DE PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DE TELETRABALHO: UM ESTUDO DE CASO NO SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA. Artigo Científico encaminhado à Universidade Candido Mendes – UCAM. 2016. Disponível em: http://www.artigos.com/index.php?option=com_mtree&task=att_download&link_id=20873&cf_id=24. Acesso em: 04 jan. 2019.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA. Publicado Programa de Gestão para órgãos públicos. Disponível em: http://www.planejamento.gov.br/noticias/publicado-programa-de-gestao-para-orgaos-publicos. Acesso em: 04 jan. 2019.

NILLES, Jack M. Fazendo do Teletrabalho uma realidade: um guia para telegerentes e teletrabalhadores. São Paulo: Futura, 1997.

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. Novo relatório destaca oportunidades e desafios na expansão do trabalho a distância. [S.l. : s.n.], 2019. Disponível em: https://www.ilo.org/brasilia/noticias/WCMS_544296/lang--pt/index.htm. Acesso em: 25 jan. 2019.

RIBEIRO, A.; RODRIGUES, L. Sistemas de Informação na Administração Pública. Rio de Janeiro: Revan, 2004

ROSENFIELD, Cinara L.; ALVES, Daniela Alves de. Autonomia e Trabalho Informacional: O Teletrabalho. Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 54, n. 1, p. 207-233, 2011.

SARSUR, A. M.; LICIO, F. G.; VERSIANI, A. F.; AMORIM, W. A. C. Aspectos culturais em organizações virtuais: novidades ou mascaramento de concepções tradicionais? In: ENCONTRO DA NACIONAL ANPAD. Anais [...]. Curitiba, 28., 2004.

SERRA, Paulo. O Teletrabalho - conceito e implicações. 1996. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/jpserra_teletrabalho.pdf. Acesso em: 26 jan. 2019.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE TELETRABALHO E TELEATIVIDADES. História. [S.l. : s.n.], 2019. Disponível em: http://www.sobratt.org.br/ Acesso em: 25 jan. 2019.

TAKAHASHI, Tadao. Sociedade da Informação no Brasil Livro Verde. Brasília. Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.

VILLAS-BOAS, André. O que [é e o que nunca foi] Design. Rio de Janeiro. Ed. 2 AB. 1999.
Publicado
2019-11-03
Como Citar
ARAÚJO, S. A.; FRANÇA, F. DA S.; CAVALCANTE, G. F. F.; FRANÇA DE LIMA, I.; MEDEIROS, J. W. DE M. Teletrabalho (Telework). Informação em Pauta, v. 4, n. especial 2, p. 132-151, 3 nov. 2019.

Artigos do(s) mesmo(s) autor(es) mais lidos