Motivações e critérios para publicação de artigos científicos

  • Mariana Paranhos de Oliveira Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rodrigo Silva Caxias de Sousa UFRGS - (51)33085336
Palavras-chave: Artigo científico

Resumo

Analisa o comportamento informacional dos pesquisadores do PGGO – UFRGS[1] focado nos critérios e motivações de publicação de artigos em periódicos científicos. Apresenta uma pesquisa mista, quali-quantitativa, com a aplicação de um questionário junto aos pesquisadores do PPGGO. Arrola os critérios de busca, seleção e uso da informação que tenham por objetivo a publicação. Categoriza as motivações dos pesquisadores no momento da publicação de artigos em periódicos científicos. Lista os periódicos mais utilizados para publicação pelos pesquisadores da área. Conclui que tanto os critérios que condicionam a busca de informação em relação a escolha do periódico científico a ser publicado o artigo quanto o que é levado em consideração na seleção dos canais científicos calcam-se principalmente no Fator de Impacto do periódico, na Tabela Qualis da CAPES e na temática do periódico. Ressalta também a importância aferida aos periódicos internacionais, principalmente aos escritos em língua inglesa. Observa quanto as motivações para publicação de artigos que os itens mais importantes versam sobre o reconhecimento acadêmico advindo da publicação, a possibilidade de ser citado por outros autores e o tema ser do seu interesse e enfoque.

 

[1] Trabalho realizado com financiamento do CNPq (Processo - 431367/2016-7).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Paranhos de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda do Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Químicas da vida e saúde, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bacharela em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2017). Atualmente é servidora pública da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, exercendo atividades técnicas administrativas junto a PROPLAN/DPG. Exerce a função de Tutora 1 dos cursos de Treinamento EAD do SEI - Conecte-se UFRGS.
Tem experiência na área de biblioteconomia, atuando principalmente com temas da educação infantil e produção científica. Atualmente, pesquisa sobre abordagens didático-pedagógicas para o Ensino de Ciências, com enfoque em Ciências da Natureza e Educação Ambiental e avaliação da pós-graduação no Brasil.

Rodrigo Silva Caxias de Sousa, UFRGS - (51)33085336

Professor Adjunto III do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (2000). Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2003). Doutor em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Atuou em bibliotecas escolares, universitárias e centros de informação. Consultor em Informação e Documentação na empresa GLT Informação e Documentação. Tem experiência em bibliotecas comunitárias, escolares e universitárias, atuando nos setores de multimeios referência e processamento técnico.

Áreas de interesse de pesquisa:

  • Condicionantes do comportamento informacional na produção, comunicação e divulgação científica
  • Processos de comunicação científica entre ciência (cientistas) e sociedade (público leigo) na web
  • Estudos de gênero e etnia na ciência

Referências

ABADAL, Ernest. Challenges for open access journals: quantity, quality and economic sustainability. Hipertext.net, Barcelona, n. 10, 2012.

ARAÚJO, Paula Carina de. Motivação dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná para publicar em periódicos científicos. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 22, n. 1, p. 38-56.

BALOG, Kornelija Petr; BADURINA, Boris; LISEK, Jadranka. Information Behavior of Electrical Engineering and Computing Doctoral Students and Their Perception of the Academic Library’s Role: A Case Study in Croatia. Libri, [s. l.], v. 68, n. 1, p. 13–32, 2018.

BARCELLOS, Juliana Guerra de. Modelo de obtenção de verbas de periódicos brasileiros de acesso aberto das Ciências da Saúde indexados na Scielo. Porto Alegre: [s. n.] 2016. 87 p.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BOURDIEU, Pierre. Para uma sociologia da ciência. Lisboa: Edições 70, 2008.

BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia do campo científico. São Paulo: UNESP, 2004.

CHOO, Chun Wei. Como ficamos sabendo: um modelo de uso da informação. In: CHOO, Chun Wei. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Senac, 2003. cap. 2. p. 63-120.

COCKERILL, Matthew. Business models in open access publishing. In: JACOBS, Neil. (ed.). Open access: key strategic, technical and economic aspects. Oxford: Chandos Publishing, 2006.

CRUZ, Carlos Henrique de Brito. O desafio de aumentar o impacto da ciência brasileira. São Paulo, 2013.

FERREIRA, Sueli M. S. P.; MARCHIORI, Patricia Z.; CRISTOFOLI, Fulvio. Fatores motivacionais da comunidade científica para publicação e divulgação de sua produção em revistas/repositórios científico-acadêmicos: um estudo com grupos de autores-pesquisadores e Ciências da Comunicação e Ciência da Informação/Biblioteconomia. São Paulo: ECA-USP; Curitiba: DECiGI-UFPR, 2009.

FERREIRA, Sueli M. S. P.; MARCHIORI, Patricia Z.; CRISTOFOLI, Fulvio. Fatores motivacionais da comunidade científica para publicação e divulgação de sua produção em revistas/repositórios científico-acadêmicos: um estudo com grupos de autores-pesquisadores e Ciências da Comunicação e Ciência da Informação/Biblioteconomia. São Paulo: ECA-USP; Curitiba: DECiGI-UFPR, 2009.

HARNAD, Steven. Stevan Harnad: interview. Encontros Bibli, Florianópolis, n. Esp., 1º sem. 2007. Entrevista concedida a Ligia Café e Hélio Kuramoto.

KHAN, Arif. A Study of Social Information Seeking (SIS) among LIS Research Scholars in Pakistan. Publications, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 3, 2018.

LETA, Jacqueline. Brazilian growth in the mainstream science: the role of human resources and national journals. Journal of Scientometrics Research, New Delhi, v. 1, n. 1, p. 44-52, 2012.

LIMA, Mirian Cristina; LIMA, Afonso Carneiro. As estratégias informacionais de um pesquisador: análise do comportamento e da competência informacional dos discentes de um programa de pós-graduação em administração de empresas. Prisma, Cidade do Porto, v. 35, p. 185-207, 2017.

MARTINEZ-SILVEIRA, Martha; ODDONE, Nanci. Necessidades e comportamento informacional: conceituação e modelos. Ciência da Informação, Brasília, v. 3, n. 2, p. 118-127, set. 2007.

MUELLER, Suzana Pinheiro Machado. A publicação da ciência: áreas científicas e seus canais preferenciais. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, v. 6, n. 1, fev. 2005.

MUELLER, Suzana Pinheiro Machado. O periódico científico. In: CAMPELLO, Nicholas. D.; RITCHIE, M. Literature and bibliometrics. London: Clive Bingley, 1978.

NASSI-CALÒ, Lilian. Estudo propõe uma taxonomia de razões para citar artigos em publicações científicas. Blog Scielo em Perspectiva. Disponível em: https://blog.scielo.org/blog/2014/11/07/estudo-propoe-uma-taxonomia-de-razoes-para-citar-artigos-em-publicacoes-cientificas/. Acesso em: 23 out. 2016.

PACKER, Abel L. Os periódicos brasileiros e a comunicação da pesquisa nacional. Revista USP, São Paulo, n. 89, p. 26-61, 2011.

PACKER, Abel L.; MENEGHINI, Rogério. Visibilidade da Produção Científica. In: PLBACION, G. A.; WITTER, G. P. ; SILVA, J.F.M. (org.). Comunicação & produção científica: contexto, indicadores e avaliação. São Paulo: Angellara, 2006. p. 237-259.

SHEEJA, N. K. Science vs social science: a study of information-seeking behavior and user perceptions of academic researchers. Library Review, [S. l.], v. 59, n. 7, p. 522–531, 2010.

VALIZADEH-HAGHI, Saeideh; RAHMATIZADEH, Shahabedin. Learning about the information seeking behavior of allied medical sciences students: Advices for libraries of multidisciplinary colleges. Library Philosophy and Practice, [S. l.], v. 2018, 2018.

TENOPIR, Carol; KING, Donald; BOYCE, Peter. Patterns of journal use by scientists through three evolutionary phases. D-Lib Magazine, [S.l.], v. 9, n. 5, 2003.

TRZESNIAK, Piotr. A estrutura editorial de um periódico científico. In: SABADINI, A. A. Z. P.; SAMPAIO, M. I. C.; KOLLER, S. H. (org.). Publicar em Psicologia: um enfoque para a revista científica. São Paulo: Associação Brasileira de Editores Científicos de Psicologia, 2009. p. 87-102.

VIÉGAS, Maria Rosa. O inglês como língua franca e a publicação acadêmica: uma análise de diretrizes para autores de periódicos internacionais. 2016. 55 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Letras, Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/156403/001016325.pdf?sequ ence=1. Acesso em: 21 jun. 2018.

Publicado
2020-06-30
Como Citar
OLIVEIRA, M. P. DE; SOUSA, R. S. C. DE. Motivações e critérios para publicação de artigos científicos. Informação em Pauta, v. 5, n. 1, p. 54-73, 30 jun. 2020.