COVID-19: ações de competência em informação

os conteúdos do Instagram da BFM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36517/2525-3468.ip.v8iesp.2023.90920.160-180

Palavras-chave:

Biblioteca Universitária, Pandemia, Covid-19, Redes Sociais, Competência em Informação, Competência Crítica em Informação

Resumo

Analisa a atuação das bibliotecas universitárias da Universidade Federal Fluminense no período da pandemia (2020-2021) e de que forma elas acionaram as redes sociais para disponibilizar informação. Investiga, especificamente, os conteúdos informacionais publicados no Instagram da Biblioteca da Faculdade de Medicina, objeto empírico desta pesquisa. O estudo caracteriza-se como descritivo e qualitativo, sustentado por uma investigação de natureza netnográfica, conduzida pela análise de conteúdo. Identifica e analisa as ações de competências em informação e competência crítica em informação foram mobilizadas pela Biblioteca para dar conta do desafio de prestar apoio à sua comunidade acadêmica diante do contexto da infodemia, desinformação e do negacionismo científico no período pandêmico. No Brasil, estes temas tomaram proporções alarmantes, manifestando-se em tópicos como contestação a respeito da eficácia do uso da máscara, e conteúdos antivacina, que disseminavam informações falsas sobre a eficácia dos imunizantes, na tentativa de descredibilizar a ciência, principalmente. Discute sobre a importância das ações de competência em informação, destacando sua perspectiva crítica, no uso das redes sociais por parte das bibliotecas. Analisa o Instagram da BFM, avaliando sua contribuição para a formação de cidadãos aptos e capazes de exercer leitura crítica em ambientes informacionais virtuais e remotos. Destaca as postagens da biblioteca no combate à desinformação e as fake news durante o período de isolamento social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carla Epitácio Mazzeto, Universidade Federal Fluminense, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal Fluminense. Mestre (2020-2022) e Doutoranda (em andamento) pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense. Membro dos grupos de pesquisa: Estudos Críticos em Informação, Tecnologia e Organização Social (Escritos), do IBICT; e do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Recursos, Serviços e Práxis Informacionais, da UFMG. Bolsista Capes.

Referências

AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION (ALA). Pandemic preparedness: resources for libraries. [site]. Chicago: ALA, 2020. Disponível em: https://www.ala.org/tools/atoz/pandemic-preparedness. Acesso em: 07 maio 2022.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES (ACRL). Framework of Information Literacy for Higher Education. Chicago: ACR, 2015. Disponível em: https://www.ala.org/acrl/standards/ilframework. Acesso em: 10 maio 2022.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DIRIGENTES DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR (ANDIFES). [Site institucional]. Brasília: ANDIFES, 2021.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. A missão da ciência da informação na era da pós-verdade. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v.30, n.4, p. 1-19, out./dez. 2020. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/153256. Acesso em: 18 jul. 2022.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BEZERRA, Arthur Coelho. Competência crítica em informação. In: WIKIPÉDIA. Verbete [competência em informação]. 2019a. Disponível em: https://encurtador.com.br/nvMN7. Acesso em: 20 maio 2022.

BEZERRA, Arthur Coelho et al. iKrítica: estudos críticos em informação. Rio de Janeiro: Garamond, 2019b.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº nº454, de 20 de março de 2020. Declara, em todo o território nacional, o estado de transmissão comunitária do coronavírus (covid-19). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/portaria/prt454-20-ms.htm. Acesso em: 15 maio 2022.

BRISOLA, Anna Cristina C. de A. S.; BEZERRA, Arthur Coelho. Desinformação e circulação de “fake news”: distinções, diagnóstico e reação. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 19, 2018. Anais eletrônicos [...]. Londrina, PR: ANCIB/UEL, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/20. 500.11959/brapci/102819. Acesso em: 10 abr. 2022.

CAREGNATO, Sonia. O desenvolvimento de habilidades informacionais: o papel
das bibliotecas universitárias no contexto da informação digital em rede. Revista de
Biblioteconomia & Comum., Porto Alegre,v. 8, p. 47-55, 2000.

CORRÊA, Maurício de Vargas; ROZADOS, Helen Beatriz Frota. A netnografia como método de pesquisa em Ciência da Informação. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v.22, n.49, p.1-18, maio/ago.2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/ index.php/eb/article/view/1518-2924.2017v22n49p1. Acesso em: 18 nov. 2021.

COMISSÃO BRASILEIRA DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS. Recomendações da CCBU para elaboração de planejamento de reabertura das bibliotecas universitárias. Informação e Universidade, São Paulo, v. 2. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/43.Acesso em: 15 set. 2021.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, Brasília, v.2, n.1, p.23-35, jan./abr. 2003. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1016. Acesso em: 17 jun. 2021.

MATA, Marta Leandro da.; GRIGOLETO, Maira Cristina; LOUSADA, Mariana. Dimensões da competência em informação: reflexões frente aos movimentos de infodemia e desinformação na pandemia da COVID-19. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.16, n.2, e5340, dez. 2020. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5340/5116. Acesso em: 28 nov. 2022.

OPAS - ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Entenda a infodemia e a desinformação na luta contra a COVID-19. Washington: OPAS, 2020. Acesso em: 10 mar. 2021. Disponível em: https://encurtador.com.br/dqFX9. Acesso em: 23 jul. 2021.

POSETTI, Julie; BONTCHEVA, Kalina. Desinfodemia: descifrando la desinformación sobre el COVID-19. Paris: UNESCO, 2020. Disponível em: https://encurtador.com.br/dDJMP. Acesso em: 10 ago. 2020. Acesso em: 01 ago. 2021.

SOUZA, Jaqueline Silva; SANTOS, José Carlos Sales dos. Infodemia e desinformação a pandemia da COVID-19. Revista Fontes Documentais, Aracaju. v. 03, Edição Especial: MEDINFOR VINTE VINTE, p. 231-238, 2020. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/151372. Acesso em: 23 nov. 2021.

SOUZA, Uarlens de Jesus et al. O uso de redes sociais pelos periódicos brasileiros de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 20, n. 3, p. 584-591, set./dez., 2015. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/ article/view/1101/pdf. Acesso em: 18 jul. 2021.


SANTOS-D’AMORIM, Karen; MIRANDA, Májory. Fernandes de Oliveira. Misinformation, Disinformation, and Malinformation: clarifying the definitions and examples in disinfodemic times. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, UFSC, Florianópolis, v. 26, p. 01-23, 2021. Disponível em:
https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e76900. Acesso em: 03 ago. 2022.

SANTOS NETO, João Arlindo; ALMEIDA JUNIOR, Oswaldo Francisco de. Bibliotecas universitárias das instituições estaduais de estaduais de ensino superior paranaenses e a mediação da informação no Facebook. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Campinas, SP v.15, n. 2, p. 442-468, maio/ago. 2017. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php.res/v/ 40052. Acesso em: 17 jul.2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Biblioteca da Faculdade de Medicina. [Instagram da BFM] 2020. Instagram: @bfm.sdc.uff. Disponível em: www.instagram.com/bfm.sdc.uff/. Acesso em: 30 nov. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE). Instrução de Serviço PROGEPE nº008, de 30 de abril de 2020. Regulamenta o trabalho remoto na Universidade Federal Fluminense, estabelecido pela Instrução de Serviço PROGEPE nº004, de 13 de março de 2020, e suas alterações, enquanto perdurar a emergência de saúde pública decorrente do coronavírus (COVID-19). Boletim de Serviço da UFF, Niterói, RJ, ano LIV, n. 74, seção I, p. 6-8, 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Superintendência de Documentação (SDC). Relatório Anual 2020. Niterói, RJ: SDC, 2020c. Disponível em: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21747. Acesso em: 04 jul.2021.

WARDLE, Claire; DERAKHSHAN, Hossein. Information disorder: toward na interdisciplinary framework for research and policy making. [s. l.]: Council of Europe report, 2017. Disponível em: https://rm.coe.int/information-disordertoward-an- interdisciplinary-framework-for- researc/168076277c. Acesso em: 07 ago. 2022.

ZATTAR, Marianna. Competência em informação e desinfodemia no contexto da pandemia da COVID-19. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.16, n.2, 2020. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/5391/5112. Acesso em: 18 maio 2022.

ZATTAR, Marianna. Competência em informação e desinformação: critérios de avaliação do conteúdo das fontes de informação. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.13, n.2, p. 285-293, nov. 2017. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/4075/3385. Acesso em: 03 dez. 2021.

ZURKOWSKI, P. G. The Information Service Environment Relationships and Priorities. Washington, D.C.: National Commission on Libraries and Information Science, Nov. 1974. 30p. Related paper, n. 5. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=ED100391. Acesso em: 07 abr. 2022.

Downloads

Publicado

2023-07-25

Como Citar

MAZZETO, Ana Carla Epitácio; GONÇALVES DE SOUZA, Elisabete. COVID-19: ações de competência em informação: os conteúdos do Instagram da BFM. Informação em Pauta, [S. l.], v. 8, n. esp, p. 160–180, 2023. DOI: 10.36517/2525-3468.ip.v8iesp.2023.90920.160-180. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/90920. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Mediação, Circulação e Apropriação da Informação - GT 3 ENANCIB