Informação em Pauta http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta <p><strong>Informação em Pauta</strong> é um periódico científico eletrônico do Departamento de Ciências da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará (DCINF/PPGCI/UFC), disponível em open access.<br><br>Tem como objetivo divulgar trabalhos que contribuam para o desenvolvimento, fortalecimento e crescimento da Ciência da Informação, Biblioteconomia e áreas afins, incentivando a produção de conhecimentos entre pesquisadores, docentes, discentes e demais profissionais de diferentes regiôes do país e no exterior.<br><br>Com periodicidade semestral, o periódico publica contribuições inéditas em três idiomas: português, espanhol e inglês. As avaliações são realizadas no modelo duplo-cego pelo corpo editorial científico e o fluxo de submissão é contínuo. Os artigos compreendem todas as modalidades de estudos da área de Ciência da Informação, mas eventualmente algumas edições podem lançar números especiais que tratem de temas mais específicos da área de estudo em questão.</p> <p><strong>ISSN 2525-3468</strong></p> <p>&nbsp;</p> Universidade Federal do Ceará pt-BR Informação em Pauta 2525-3468 <p>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:</p> <p>a. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_new">Creative Commons Attribution License</a> que permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial nesta revista.<br><br>b. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.<br><br>c. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado.</p> Expediente http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/59942 Luiz Tadeu Feitosa Francisco Edvander Pires Santos Copyright (c) 2020 Francisco Edvander Pires Santos https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-06-30 2020-06-30 5 1 2 5 10.36517/2525-3468.ip.v5i1.2020.59942.2-5 Usuários surdos e acessibilidade à informação em sítios web do governo brasileiro http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/43206 <p>As práticas informacionais dos usuários relacionam sua necessidade, como ele busca, recupera e acessa a informação. Com o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) o processo de busca da informação tornou-se mais dinâmico, o que não significa que é acessível, se considerarmos os diversos perfis e comportamentos dos usuários, incluindo os Surdos. A presente pesquisa identifica a satisfação do usuário Surdo na acessibilidade à informação em sítios web do governo brasileiro. Os objetivos específicos do estudo são: (1) conhecer o perfil sociodemográfico do usuário Surdo; (2) investigar as práticas informacionais do usuário Surdo relacionadas aos sítios Web do governo brasileiro; (3) identificar os fatores que impactam na acessibilidade à informação em sítios Web do governo brasileiro; (4) descrever as principais dificuldades enfrentadas pelo usuário Surdo relacionadas à acessibilidade em sítios Web do governo brasileiro. A investigação está situada na Ciência da Informação no campo de Estudos de Usuários da Informação de forma interdisciplinar e contempla conceitos, principalmente, da Informática, da Linguística e da Comunicação. Apresenta característica descritiva, natureza aplicada, horizonte temporal transversal e abordagem de métodos mistos. Os procedimentos metodológicos têm origem no levantamento, na análise do conteúdo e no estudo comparativo. Os instrumentos de coleta foram produzidos em Libras (Língua Brasileira de Sinais) e aplicados por meio de entrevista e da realização de tarefas no computador com quatro docentes Surdos, residentes no DF e que atuam na docência da Libras em instituições de ensino superior. Constatou-se que os participantes utilizam, diariamente, o celular e acessam aplicativos de comunicação e interagem pela troca de mensagens de texto, imagem e vídeo. Todos os docentes conseguiram cumprir as tarefas, mas pontuaram dificuldades de acesso à informação, principalmente, devido ao excesso de texto e termos desconhecidos. Os docentes Surdos sugerem o aumento de conteúdo em Libras na web para que os usuários da língua de sinais sejam contemplados.</p> Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos Copyright (c) 2020 Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-06-30 2020-06-30 5 1 219 220 10.36517/2525-3468.ip.v5i1.2020.43206.219-220 A representação da informação em Saúde Coletiva http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/43781 <p><strong>Introdução</strong>: O expressivo volume de informações e conhecimentos produzidos nas diversas áreas do conhecimento revela a necessidade de discutir e aperfeiçoar propostas que contribuam para a organização desse acervo documental. Tendo em vista a importante reflexão do processo saúde-doença, é notória a importância da prática profissional em saúde, como possibilidades de desenvolvimento do campo da Saúde Coletiva. <strong>Objetivos:</strong>&nbsp; Evidenciar a representação informacional no âmbito da Saúde Coletiva. Investigar a formação acadêmica dos autores de dissertações e teses. Apresentar por meio dos títulos dos trabalhos científicos, os indicadores de assunto, como contribuição para o contexto da saúde pública brasileira. <strong>Resultados</strong>:&nbsp; Observa-se que, a área de formação acadêmica do autor, em sua maioria, está relacionada aos indicadores de assuntos das dissertações e teses defendidas e aprovadas. São pesquisas congruentes, com abordagens pertinentes as necessidades de saúde da população. Assim, reforça-se que o profissional que atua no campo da Saúde Coletiva prioriza a promoção, prevenção, recuperação da saúde e articula o campo com saberes, práticas e temáticas de intervenção. Bem como, a aplicação de pressupostos da Ciência da Informação torna-se de grande valia no que diz respeito à recuperação, ao acesso desses objetos informacionais.</p> Sandra Regina Moitinho Lage Rosane Suely Alvares Lunardelli Copyright (c) 2020 SANDRA REGINA MOITINHO LAGE, Rosane Suely Alvares Lunardelli https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-06-30 2020-06-30 5 1 196 218 10.36517/2525-3468.ip.v5i1.2020.43781.196-218