RELAÇÕES ENTRE PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA, PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL E O CONCEITO DE ATIVIDADE DE LEONTIEV

Autores

  • Clarice Gonçalves Rodrigues Alves Instituto Federal de Roraima - IFRR
  • Lana Cristina Barbosa de Melo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima-IFRR
  • Virgínia Marne da Silva Araújo dos Santos Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Roraima - IFRR

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i17.13950

Palavras-chave:

Pedagogia Histórico-crítica, Psicologia Histórico-cultural, Atividade, Leontiev,

Resumo

RELATIONS BETWEEN Historical Critical Pedagogy, Historical Cultural Psychology and Leontiev Activity Concept

O objetivo deste artigo é apresentar a Teoria da Atividade desenvolvida pelo psicólogo russo Leontiev e suas contribuições para o processo de aprendizagem. Valendo-se de reflexões de autores da Pedagogia Histórico-crítica e da Psicologia Histórico-cultural, pretende-se relacionar política, didática e aprendizagem, uma vez que estes elementos são indissociáveis para compreender o panorama educacional contemporâneo. Buscou-se compreender o significado de educação, prática social, atividade, atividade pedagógica para, posteriormente, associá-las com práticas educativas que promovam mudanças significativas nos sujeitos.

ABSTRACT

The purpose of this article is to present the Theory of Activity from the Russian psychologist Leontiev and its contributions to the learning process. Taking advantage of various author reflections on the Historical Critical Pedagogy and Historical Cultural Psychology, in order to link policy, teaching and learning, as these elements areinextricably linked to understanding the contemporary educational scene. We sought to understand the meaning of education, social practice, activity and pedagogical activity to, later associate them with educational practices that promote significant changes in the subjects.

Key-words: Historical Critical Pedagogy –Historical Cultural Psychology –Activity – Leontiev

Biografia do Autor

Clarice Gonçalves Rodrigues Alves, Instituto Federal de Roraima - IFRR

Graduada em História (UFRR), Mestranda em Educação (UERR-IFRR). Atualmente é professora do Instituto Federal de Roraima. Desenvolve projetos na área de oralidade , Educação do Campo e Educação Ambiental.

Lana Cristina Barbosa de Melo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima-IFRR

É docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima-IFRR. Atua nos cursos de nível superior ministrando as disciplinas de psicologia da educação, estrutura e funcionamento da educação especial e educação básica, Libras e educação de dotados e talentosos. É vice- líder do grupo do Grupo de Pesquisa de Formação de Professores com base na Pedagogia Histórico-Crítica. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação do Mestrado em Educação -UERR/IFRR(2017). É especialista em docência do ensino superior pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(2001). Possui licenciatura em pedagogia com habilitação em educação especial pela universidade do estado do PARÁ-UEPA (1999), licenciatura em pedagogia com habilitação em administração escolar pela universidade do estado do PARÁ -UEPA(2000). Tem experiência na área de educação, com ênfase em ensino, aprendizagem e formação de professores, atuando principalmente nos seguintes temas: educação especial e inclusiva, atendimento educacional especializado, legislação educacional, memorial profissional, orientação de estágio pedagógico, adaptação curricular, aspectos pedagógicos na deficiência intelectual.

Virgínia Marne da Silva Araújo dos Santos, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Roraima - IFRR

Possui graduação em Psicologia - Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Estadual da Paraíba (2002) e mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Roraima (2017). Atualmente é docente e pesquisadora do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Roraima - IFRR. Pertence ao Grupo de Estudos e Pesquisas de Educação, Ciência e Tecnologia e também pertence ao Grupo de Estudos e Pesquisas de Formação de Professores com base na Pedagogia Histórico Crítica. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação, Psicologia, com ênfase em Psicologia clínica e Psicologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Formação de professor, Ciência,Tecnologia e Sociedade - CTSA, Psicologia do desenvolvimento e aprendizagem, Educação e Saúde.

Referências

ALMEIDA, Guido de. O professor que não ensina. São Paulo: Summus, 1986.

CHARLOT, Bernard. Relação com o saber, formação dos professores e globalização: questões para educação hoje. Porto Alegre: Artmed, 2005.

DUARTE, Newton. A individualidade para si: contribuição a uma teoria histórico-social da formação do indivíduo. Campinas: Autores Associados, 2013.

FRIGOTTO, G. A produtividade da escola improdutiva: Um (re) exame das relações entre educação e estrutura econômico-social capitalista. São Paulo: Cortez, 2010.

____________. Os delírios da razão: crise do capital e a metamoose conceitual no campo educacional. In: GENTILI, P. Pedagogia da exclusão, crítica neoliberalismo em educação. 15 edições, Petrópolis: Vozes, 2008.

LEONTIEV, A. N. Actividad, conciencia y personalidad. Buenos Aires: Ed. Ciências del Hombre, 1978.

_____________. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 13ª ed. São Paulo: Ícone/Edusp, 2014.

_____________. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte, 1978.

LOMBARDI, José Claudinei & SAVIANI, Demerval (orgs). Marxismo e educação: debates contemporâneos. Campinas: Autores Associados: HISTEDBR, 2005.

LONGAREZI, Andréa Maturano; PUENTES, Roberto Valdés (org). Ensino Desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. Uberlândia: EDUFU, 2015.

RIOS, Terezinha Azeredo. A dimensão ética da aula ou o que nós fazemos com eles. In: VEIGA, Ilma P. A. (org.) Aula: gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas: Papirus, 2008.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 2008.

TRIVINOS, Augusto Silva. A dialética materialista e a prática social. Movimento, Porto Alegre, v.12, n. 02, p. 121-142, maio/agosto de 2006.

VYGOTSKI, L. S. A formação social da mente. 7 ª. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

_______________. Historia del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. Madrid: Visor, 1995.

_______________. Obras escogidas. Madrid: Editora Visor, 1991.

Downloads

Publicado

2017-07-31

Como Citar

ALVES, Clarice Gonçalves Rodrigues; MELO, Lana Cristina Barbosa de; SANTOS, Virgínia Marne da Silva Araújo dos. RELAÇÕES ENTRE PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA, PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL E O CONCEITO DE ATIVIDADE DE LEONTIEV. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 17, p. 27–41, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i17.13950. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/13950. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.