Ifes e Senai

Análise Comparativa sobre a Docência na Educação Profissional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i23.44430

Palavras-chave:

Docência, Ifes, Senai, Educação Profissional

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo identificar e comparar a docência na Educação Profissional Tecnológica (EPT) no contexto do curso técnico em mecânica no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes) e no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-ES). Por meio de uma abordagem qualitativa, a pesquisa descreve essas duas realidades através da análise documental e das entrevistas semiestruturadas. Dialoga com autores do campo Trabalho e Educação que defendem a prática educativa emancipatória, cuja centralidade da formação profissional deva estar na dimensão do ser humano, contribuindo para o desenvolvimento de cidadãos-trabalhadores críticos e autônomos.  Os dados permitem identificar que ambas instituições de ensino possuem modus operandi bastante arraigado, em que a docência encontra-se sob forte influência dos ditames institucionais e culturais, isto é, os valores, as finalidades, os objetivos institucionais e o currículo escolar são alguns dos elementos que influenciam a prática de ensino, adequando-a segundo as proposições de cada uma dessas instituições.

 Palavras-chave: Docência. Senai-ES. Ifes. Educação Profissional.

Biografia do Autor

Tatiana Das Merces, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), especializada em Educação Profissional e Tecnológica pelo Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), graduada em Letras Português e Literatura Portuguesa pela UFES e em Pedagogia pela Universidade de Franca. É professora de Língua Portuguesa, servidora pública (estatutária), no Governo do Estado do Espírito Santo (Sedu-ES). 

Marcelo Lima, Universidade Federal do Espírito Santo/ PPGE-UFES

Possui graduação em Pedagogia(UFES), mestrado em Educação (UFES), doutorado em Educação (UFF) e pós-doutorado em historiografia da educação profissional (UFF). Professor Associado I do DEPS-CE-UFES, Membro do PPGE-UFES na linha de pesquisa "formação humana e políticas públicas", membro do Neddate, THESE e do "EM pesquisa". Vice-lider do grupo de pesquisa "Gestão, Trabalho e Avaliação Educacional" com registo no CNPQ. 

Referências

BRASIL. Lei nº 9.394/1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. 12ª edição. Atualizada em 08/06/2016. Centro de documentação e informação edições Câmara Brasília, 2016. Disponível em < bd.camara.leg.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/19339/ldb_12ed.pdf?sequence=37>. Acesso em: 08 jun.2020.

______. Lei n.º 13.415/2017. Altera as Leis n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, entre outras. Brasília: 2017. Disponível em < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2017/lei-13415-16-fevereiro-2017-784336-publicacaooriginal-152003-pl.html> Acesso em: 08 jun.2020.

______. Lei nº. 11.892/2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, 2008. Acesso em: 08 jun.2020.

CIAVATTA FRANCO, M. Quando nós somos o outro: Questões teórico-metodológicas sobre os estudos comparados. Educação & Sociedade, [S.l.], Ano XXI, n.197, 2000. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v21n72/4200.pdf >. Acesso em: 06 jun. 2017.

CIAVATTA, M. O trabalho docente e os caminhos do conhecimento: a historicidade da Educação Profissional. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015.

COSTA, M.A. Políticas de formação docente para a educação profissional: Realidade ou utopia?. Curitiba-PR: Appris, 2016.

FRIGOTTO, G. Educação e Trabalho: bases para debater a Educação Profissional Emancipadora. Perspectiva, Florianópolis, v.19, n.1, p.71-87, jan./jun. 2001.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Plano do curso Técnico em Mecânica. Vitória: IFES, 2006.
______. Edital nº 04, de 17 de outubro de 2016: complementar ao edital nº 02, de 30 de agosto de 2016. Disponível em: < http://www.ifes.edu.br/images/stories/files/concurso_publico/2016/2016-02/Edital04- 2016QuadrodeVagas-Retificado1.pdf>. Acesso em: 06 jun. 2017.

MACHADO, L. R. S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Brasília, v. 1, n. 1, p.8-22, jun-2008. Disponível em: <portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf3/rev_brasileira.pdf>. Acesso em: 08 jun. 2020.

MARX, K. O Capital: crítica da Economia Política, v.1 : livro primeiro. São Paulo: Abril, 1983.

MOURA, D. H. A formação de docentes para a educação profissional e tecnológica. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Brasília, V. 1, n. 1, p.23-38, 2008. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf3/rev_brasileira.pdf>. Acesso em: 08 jun.2020.

MOURA, M. O. A Atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. 2ª Ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2016.

SAVIANI, D. O choque teórico da politecnia. Trabalho, Educação e Saúde. Revista Trabalho e educação saúde. Vol.1, n.1, 2003. Disponível em: << http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1981- 77462003000100010&script=sci_abstract&tlng=pt >> . Acesso em: 08 jun.2020.

SENAI-DR/ES. Comunicado de processo seletivo Senai DR/ES n°. 002/2016 – 15/01/2016a.

______. Plano do curso técnico em mecânica. Departamento Regional do Espírito Santo. Vitória, 2016b.

SENAI-DN. Resolução n. 410, de 30 de março de 2010. Diretrizes da educação profissional e tecnológica do Senai. Serviço Nacional de Aprendizagem Indústria (CNI), Departamento Nacional. Brasília, 2010.

Publicado

2020-06-15

Como Citar

DAS MERCES, Tatiana; LIMA, Marcelo. Ifes e Senai: Análise Comparativa sobre a Docência na Educação Profissional . Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 23, p. 181–201, 2020. DOI: 10.29148/labor.v1i23.44430. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/44430. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.