Educação e trabalho na percepção de estudantes do Curso de Agronomia do Instituto Federal de Santa Catarina, campus São Miguel do Oeste:

aproximações, diagnósticos e desafios.

Autores

  • Idianes Tereza Mascarelo Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC
  • Volmir von Dentz Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i25.60570

Palavras-chave:

Educação profissional e tecnológica., Trabalho., Práxis., Curso de agronomia.

Resumo

Este artigo apresenta uma pesquisa que foi realizada com o objetivo de identificar a percepção dos alunos do 8º período do curso de Agronomia do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus de São Miguel do Oeste, quanto à educação e o mundo do trabalho. As discussões estão alicerçadas principalmente nas produções teóricas de autores de referência na temática “educação e trabalho”: Dermeval Saviani, na questão do princípio educativo do trabalho, Ricardo Antunes, quanto aos sentidos dados ao trabalho no mundo contemporâneo, e Sérgio Lessa, sobre as realizações humanas mediante o trabalho. Assim, o texto contempla considerações sobre: os desafios contemporâneos do mundo do trabalho, os impactos da educação na vida profissional dos educandos e a análise das reflexões acerca dos conceitos de trabalho como princípio educativo. As percepções dos alunos foram discutidas com base em duas categorias principais: o perfil dos estudantes do referido curso e a relação que estabelecem entre a educação e o mundo do trabalho. O estudo trás elementos que contribuem para repensar a práxis educativa e seu compromisso com a formação dos trabalhadores, no sentido da reflexão apresentada sobre o conceito de trabalho como princípio político-educativo numa perspectiva emancipadora do ser humano.

Biografia do Autor

Idianes Tereza Mascarelo, Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC

Possui graduação em Pedagogia- Habilitação em Supervisão Educacional pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó (1998), Especialização em Supervisão Escolar pela Universidade de Passo Fundo (2000), Pós-graduação em Atualização em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2002), Pós-graduação em Docência no Ensino Superior- Universidade Comunitária Regional de Chapecó (2015), Especialização em Docência para a Educação Profissional e Tecnológica (2020) e Mestrado em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2005). Atuou como professora da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÒ), Doutoranda em Educação pela UNISC. Atua como servidora pública federal no cargo de Pedagoga no Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC, Campus São Miguel do Oeste. Atua nos seguintes temas: práticas pedagógicas, formação de professores, educação profissional, organização do ensino educação e trabalho. 

https://orcid.org/0000-0003-4678-1271

Volmir von Dentz, Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC

Possui graduação em Filosofia pela Fundação Educacional de Brusque (FEBE), mestrado em Educação pela Universidade Regional de Blumenau (FURB) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnológica de Santa Catarina (IFSC) e membro do Grupo de Pesquisa Educação, Cultura e Sociedade (ESCULTURA-IFSC). É integrante do Laboratório de Pesquisas Sociológicas Pierre Bourdieu (LAPSB) e do Grupo de Pesquisa Ensino e Formação de Educadores em Santa Catarina (GPEFESC - PPGE/UFSC). Tem experiência na área de Filosofia e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Filosofia, Educação, Teorias da Educação, Filosofia da Educação, Epistemologia da Pesquisa em Educação, Teorias Pós-Críticas, Ontologia Crítica, Epistemologia, Ética, Sociologia da Educação, Filosofia da Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica.

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-6139-0909

Referências

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2000.

ANTUNES, Ricardo; ALVES, Giovanni. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital. Educação & Sociedade, Campinas, vol. 25, n. 87, p. 335-351, mai./ago. 2004. Disponível em <https://www.cedes.unicamp.br/publicacoes/edicao/132>. Acesso em 22 ago. 2020.

ARROYO, Miguel. Trabalho – educação e teoria pedagógica. In: FRIGOTTO, Gaudêncio (org.). Educação e crise do trabalho: perspectivas de final de século. 12ª Ed. Petrópolis, RJ: Vozes. 2013.

CIAVATTA, Maria. A formação integrada a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. Trabalho Necessário, v. 3, n. 3, p. 1-20, 2005. Disponível em <https://periodicos.uff.br/trabalhonecessario/article/view/6122>. Acesso em 17 abr. 2020.

CORTELLA, Mario Sergio. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos. 13ª Ed. São Paulo: Cortez, 2009.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Concepções e mudanças no mundo do trabalho e o Ensino Médio. In: FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise (Orgs.). Ensino Médio Integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Educação omnilateral. In: CALDART, Roseli Salete; PEREIRA, Isabel; ALENTEJANO, Paulo.; FRIGOTTO, Gaudêncio (Orgs.) Dicionário da educação do campo. São Paulo: Expressão Popular, 2012.

GUEBUR, Josimara Adriana; SANTOS, Juliana Caroline; MELO, Maria Carolina de Lara; KONDO, Petrine Ariana de Souza; LOZZA, Silvia Iun. A contribuição do uso das tecnologias para o processo de aprendizagem nos anos iniciais. 2016. Disponível em <https://memorialtcccadernograduacao.fae.edu/cadernotcc/article/download/153/54>. Acesso em 12 dez. 2019.

IFSC. Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI 2015-2019. Disponível em <http://pdi.ifsc.edu.br/download/facao-download-do-pdi-2015-2019/>. Acesso em 16 mar. 2020.

KUENZER, Acácia Zeneida. Ensino de 2º grau – o trabalho como princípio educativo. 4ª Ed. São Paulo: Cortez, 2001.

LESSA, Sérgio. Mundo dos Homens: trabalho e ser social. 3ª ed. São Paulo: Instituto Lukács, 2012.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da Educação. 19r. São Paulo: Cortez, 2003.

MANFREDI, Silvia Maria. Educação profissional no Brasil. São Paulo: Cortez, 2002.

MASSETO, Marcos Tarciso. Competência Pedagógica do Professor Universitário. 2ª Ed. São Paulo: Summus, 2012.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. 18ª Ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

NEVES, Lúcia Maria Wanderley; SAN’ANNA, Ronaldo. Introdução: Gramsci, o Estado educador e a nova pedagogia da hegemonia. In.: NEVES, Lúcia Maria Wanderley (Org.). A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.

Projeto Pedagógico do Curso de Agronomia (PPC). Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, 2017.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação. 2007, vol.12, n.34, pp.152-165. <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782007000100012>. Acesso em 16 jun. 2020.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 8ª Ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 41ª Ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2009.

SAVIANI, Dermeval. Educação em diálogo. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

SILVA, Mariléia Maria da. Formar para o mercado de trabalho: a retórica da competência e competitividade nos cursos de graduação. Boletim Técnico do SENAC, Rio de Janeiro (RJ), v.34, n.2 , p. 45-55, maio 2008.

Downloads

Publicado

2021-05-02

Como Citar

MASCARELO, Idianes Tereza; DENTZ, Volmir von. Educação e trabalho na percepção de estudantes do Curso de Agronomia do Instituto Federal de Santa Catarina, campus São Miguel do Oeste:: aproximações, diagnósticos e desafios. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 25, p. 432–456, 2021. DOI: 10.29148/labor.v1i25.60570. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/60570. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.