A GRATUIDADE DO ENSINO PÚBLICO: COMO A QUESTÃO DO ENSINO PÚBLICO SE APRESENTA NO DOCUMENTO FINAL DO PNE 2014-2024

Autores

  • Maria Josélia Zanlorenzi
  • Michelle Fernandes Lima

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i16.6513

Resumo

O presente texto trata da presença do setor privado na redação do Plano Nacional de Educação 2014-2024. Para compreender tal afirmação, partimos da análise de alguns conceitos que se apresentam no PNE, tais como: público e privado; administração pública gerencial, eficiência, eficácia, descentralização de responsabilidades e participação da sociedade na educação. Finalizamos o texto abordando a questão das consequências do setor privado na formação do indivíduo, o qual passa a receber uma formação individualista, com ênfase para a lógica do mercado, que atenda e estimule a competitividade, considerando, pois que a educação neste cenário, bem como a escola, mais uma vez é vista pela lógica capitalista como espaço de lucro.

Biografia do Autor

Maria Josélia Zanlorenzi

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG na linha de pesquisa “História e Políticas Educacionais, professora do curso de Pedagogia na Universidade Estadual do Centro-Oeste UNICENTRO – Guarapuava-PR

Michelle Fernandes Lima

Doutora em educação pelo Programa de Pós Graduação em Educação da UFPR. Professora do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro Oeste. Líder do grupo de pesquisa Estado, Politicas e Gestão da Educação na Universidade Estadual do Centro-Oeste-UNICENTRO/IRATI-PR

Downloads

Publicado

2017-03-15

Como Citar

ZANLORENZI, Maria Josélia; LIMA, Michelle Fernandes. A GRATUIDADE DO ENSINO PÚBLICO: COMO A QUESTÃO DO ENSINO PÚBLICO SE APRESENTA NO DOCUMENTO FINAL DO PNE 2014-2024. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 16, p. 94–111, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i16.6513. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/6513. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos