SIGNIFICADOS DO TRABALHO PARA DEPENDENTES QUÍMICOS EM REABILITAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA PSICODINÂMICA DO TRABALHO

Autores

  • Lauren Heineck de Souza
  • Marina Capellão Becker
  • Liciane Diehl

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i15.6518

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os significados do trabalho para dependentes químicos em processo de reabilitação, em um centro terapêutico situado no Vale do Taquari-RS. Trata-se de um estudo exploratório de abordagem qualitativa. Para a coleta de dados foi realizado um grupo focal e para a análise dos dados, utilizou-se a Análise de Conteúdo de Bardin (2009). Os resultados foram discutidos a partir da Psicodinâmica do Trabalho proposta por Dejours (1992) e demonstraram a influência negativa das drogas no trabalho, dificultando esta conciliação. Ainda, para os sujeitos do grupo, o trabalho é constituinte de identidade e considerado uma forma de sentirem-se reconhecidos pela sociedade.

Biografia do Autor

Lauren Heineck de Souza

Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário UNIVATES, Lajeado – RS.

Marina Capellão Becker

Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário UNIVATES, Lajeado – RS. mcbecker@universo.univates.br

Liciane Diehl

Doutoranda em Psicologia (UNISINOS). Mestre em Psicologia Social (PUCRS). Psicóloga (UNISINOS). Coordenadora do curso de Gestão de RH e docente do Centro Universitário UNIVATES, Lajeado – RS.

Downloads

Publicado

2017-03-16

Como Citar

SOUZA, Lauren Heineck de; BECKER, Marina Capellão; DIEHL, Liciane. SIGNIFICADOS DO TRABALHO PARA DEPENDENTES QUÍMICOS EM REABILITAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA PSICODINÂMICA DO TRABALHO. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 15, p. 116–131, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i15.6518. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/6518. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos