LINDOLFO COLLOR E SUA PROPOSTA DE CONCILIAÇÃO ENTRE CAPITAL E TRABALHO

Autores

  • Pedro Paulo Lima Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i10.6680

Resumo

Em nosso artigo procuraremos apontar como Lindolfo Collor pensou a conciliação entre capital e trabalho ao longo de sua atuação política. As justificativas para estudarmos suas ações justificam-se a partir do momento em que ele esteve à frente de importantes movimentos de sua época bem como de ter sido o primeiro Ministro do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. De certa forma, Collor foi a pessoa responsável por dar a tônica dos encaminhamentos que as leis sociais e trabalhistas implantadas no país. Em suas ações político-sociais, ele buscou dirimir os embates entre capital e trabalho via ação do Estado e com soluções que estivessem de acordo com o desenvolvimento e as necessidades do Brasil.

Biografia do Autor

Pedro Paulo Lima Barbosa

Doutorando em História Política pela (UNESP/Assis). É professor do curso de História da Faculdade Santa Izildinha (UNIESP/São Mateus).

Downloads

Publicado

2017-03-16

Como Citar

BARBOSA, Pedro Paulo Lima. LINDOLFO COLLOR E SUA PROPOSTA DE CONCILIAÇÃO ENTRE CAPITAL E TRABALHO. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 10, p. 17–31, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i10.6680. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/6680. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos