A ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO A PARTIR DO EIXO ESTRUTURANTE: TRABALHO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E CULTURA

Autores

  • Dante Henrique Moura

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i7.6702

Resumo

Neste texto discutimos algumas possibilidades de organização curricular do ensino médio integrado a partir de seu eixo estruturante, trabalho, ciência, tecnologia e cultura. Realizamos o estudo a partir de revisão bibliográfica pertinente ao tema. Dividimos o texto em cinco partes: uma aproximação inicial, seguida de uma breve discussão acerca da integração entre trabalho, ciência, tecnologia e cultura. Depois, discorremos sobre as relações entre o projeto político-pedagógico (PPP) e a organização curricular. Na quarta parte, alcançamos o objetivo central do trabalho que é discutir algumas possibilidades de organização curricular do ensino médio integrado. Finalmente, apresentamos algumas considerações finais, onde destacamos que para se avançar na direção de constituir o ensino médio integrado como política pública educacional é fundamental, dentre outros aspectos, a instituição de quadro próprio de professores, com a realização de novos concursos; a consolidação de planos de carreira em que seja prevista a dedicação exclusiva dos professores e a melhoria salarial; e a melhoria da estrutura física, material e tecnológica das escolas, especialmente nas redes estaduais.

Biografia do Autor

Dante Henrique Moura

Professor do IFRN. Engenheiro Eletricista. Doutor em Educação.

Downloads

Publicado

2017-03-25

Como Citar

MOURA, Dante Henrique. A ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO A PARTIR DO EIXO ESTRUTURANTE: TRABALHO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E CULTURA. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 7, p. 1–19, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i7.6702. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/6702. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos