Estudo sobre Evasão e Permanência no Ensino Técnico de Nível Médio Integrado

Um Mapeamento Sistemática de Literatura

Autores

  • Laura Neta Dias do Sacramento Instituto Federal da Bahia - IFBA
  • Monck Charles Nunes de Albuquerque Instituto Federal da Bahia
  • Carlos Alex Cantuário Cypriano Instituto Federal da Bahia - IFBA

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i26.71888

Palavras-chave:

Evasão, Permanência, Ensino Médio Integrado.

Resumo

Um dos maiores desafios das instituições escolares é lidar com a evasão escolar que cerceia o direito pleno do cidadão e cidadã à educação. Neste contexto, este artigo tem como objetivo mapear estudos realizados na área da evasão e da permanência no ensino técnico de nível médio integrado, no período de 2011 a 2020, que apresentem causas da evasão escolar e propostas de ações para permanência. O subsídio teórico apresenta contribuições de Temp e Coutinho (2020), Dore e Lüscher(2011), Veiga e Bergiante(2016), Marques et al.(2019) e Libâneo (2013). A metodologia utilizada é o Mapeamento Sistemático de Literatura (MSL), que permite uma revisão bibliográfica de forma organizada e sistêmica, realizada nas bases de dados dos Periódicos CAPES e do Google Acadêmico. Como resultado, foram encontrados 11 (onze) trabalhos, possibilitando a organização de uma tabela com informações que apoiará na elaboração do produto educacional a ser apresentado no Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT.

Biografia do Autor

Laura Neta Dias do Sacramento, Instituto Federal da Bahia - IFBA

Pedagoga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia - IFBA campus Seabra. Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), especialista em Gestão e Organização Escolar e mestranda em Educação Profissional e Tecnológica, pelo Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (ProfEPT). Experiência na área de Educação, atuando principalmente nos temas: currículo, avaliação, ensino, aprendizagem, formação continuada articulada ao contexto de trabalho, educação profissional e permanência.

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0793-4968

Monck Charles Nunes de Albuquerque, Instituto Federal da Bahia

Professor EBTT do Instituto Federal da Bahia IFBA, Campus Seabra. Foi professor e coordenador do curso Técnico de Informática pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico do Ceará (CENTEC). Atuou como Professor bolsista/CAPES do Curso de Licenciatura em Informática pela UECE/UAB. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Centro Universitário Estácio (2013), Pós-graduando em Gestão de Projetos pela Universidade Estadual do Ceará(UECE) e, Mestre em Ciência da Computação pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará(IFCE).

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1368-0220

Carlos Alex Cantuário Cypriano, Instituto Federal da Bahia - IFBA

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980), mestrado em Administração pela Universidade Federal da Bahia (1996) e doutorado em Administração pela Universidade Federal da Bahia (2004). É professor associado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia e professor do Programa em Rede de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica - PROFEPT. Tem experiência na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: economia solidária, empreendimentos econômicos solidários, cooperativismo, tecnologia social, incubação e turismo. Sua atividade científica e docente é precedida por 20 anos de experiência profissional em gestão da produção na indústria e em serviços.

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1768-7817

Referências

ALMEIDA, E. C. F.; MIRANDA, P. R. d. Comunicação pública na prevenção da evasão: a experiência de um aplicativo sobre ensino médio integrado. Revista Diálogo Educacional, v. 20,n. 64, 2020. Citado 3 vezes nas páginas 4, 11 e 12.

BASTOS, A. M. M. A permanência e evasão dos estudantes nos cursos técnicos da modalidade integrada no instituto federal de educação ciência e tecnologia da Bahia - (IFBA) campus Irecê. Dissertação (Dissertação de Mestrado) — Universidade de Estado da Bahia, 2013. Citado 2 vezes nas páginas 10 e 12.

BRASIL. Ministério da educação. Portal de Periódicos CAPES/MEC, 2019. Disponível em:< https://www-periodicos-capes-gov-br.ezl.periodicos.capes.gov.br/> Acesso em: 21 mar. 2021. Citado na página 5.

BRASIL. Ministério da educação - MEC. Plataforma Nilo Peçanha - PNP, 2020. Disponível em:< http://plataformanilopecanha.mec.gov.br/> Acesso em: 21 mar. 2021. Citado na página 4.

BRASIL, M. Rede federal de educação profissional, científica e tecnológica. Ministério da Educação - MEC. Disponível em< http://portal.mec.gov.br/rede-federal-inicial/> Acesso em: 26 ago. 2021, 2008. Citado na página 8.

DORE, R.; LÜSCHER, A. Z. Permanência e evasão na educação técnica de nível médio em Minas Gerais. Cadernos de pesquisa, SciELO Brasil, v. 41, n. 144, p. 770–789, 2011. Citado 6 vezes nas páginas 1,2,3,4,8 e 11.

DORE, R.; SALES, P. E. N.; CASTRO, T. d. Evasão nos cursos técnicos de nível médio da rede federal de educação profissional de Minas Gerais. Evasão na educação: estudos, políticas e propostas de enfrentamento. Brasília: IFB/CEPROTEC/RIMEPES, p. 379–414, 2014. Citado na página 4.

DOURADO, A. M. d. S. Educação profissional no instituto federal de educação, ciência e tecnologia da Bahia: Análise dos fatores intraescolares da evasão como base para criação do observatório pedagógico institucional no campus de Irecê/Bahia. 2016. Citado 4 vezes nas páginas 3, 4, 10 e 12.

FEITOSA, M. d. S. Evasão escolar na educação profissional, científica e tecnológica: reflexões e possibilidades de enfrentamento. 2020. Citado 2 vezes nas páginas 11 e 12.

KITCHENHAM, B.; CHARTERS, S. Guidelines for performing systematic literature reviews in software engineering. Citeseer, 2007. Citado 3 vezes nas páginas 1,2,5.
LIBÂNEO, J. C. Didática. [S.l.]: Cortez Editora, 2013.

MACHADO, M. M. et al. Estado da arte da produção acadêmica sobre ensino médio no brasil–período de 1998 a 2008. Relatório Geral. Goiânia: MEC/UFG, 2009.

MANHÃES, L. M. B. et al. Previsão de estudantes com risco de evasão utilizando técnicas de mineração de dados. In: Brazilian symposium on computers in education (simpósio brasileiro de informática na educação-sbie). [S.l.: s.n.], 2012. v. 1, n. 1.

MARQUES, L. T. et al. Mineração de dados auxiliando na descoberta das causas da evasão escolar: Um mapeamento sistemático da literatura. RENOTE, v. 17, n. 3, p. 194–203, 2019. Citado 2 vezes nas páginas 2 e 3.

MEDEIROS, A. V. G. C. d. Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura: estratégia de enfrentamento da evasão escolar no IF campus Ouricuri-PE. Faculdade de Educação, 2018. Citado 2 vezes nas páginas 10 e 12.

NAGAI, N. P.; CARDOSO, A. L. J. A evasão universitária: Uma análise além dos números. Revista Estudo & Debate, v. 24, n. 1, 2017. Citado nas páginas 3 e 4.

NETO, D. N. d. S. et al. A evasão de estudantes nos cursos técnicos da modalidade integrada no IFBA-campus jacobina. Ensino em Foco, v. 2, n. 4, p. 37–48, 2019.

NOVAIS, L. d. F. et al. Educação profissional: uma análise sobre a evasão e a permanência no curso técnico em agropecuária integrado ao ensino médio no Instituto Federal de Rondônia-Câmpus Colorado do Oeste. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2014. Citado 3 vezes nas páginas 4,10 e 12.

PETERSEN, K. et al. Systematic mapping studies in software engineering. In: 12th International Conference on Evaluation and Assessment in Software Engineering (EASE) 12. [S.l.: s.n.], 2008.p. 1–10. Citado 4 vezes nas páginas 1,2,5 e 6.

SCHIEHL, E. P.; GASPARINI, I. Modelos de ensino híbrido: Um mapeamento sistemático da literatura. In: Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE). [S.l.: s.n.], 2017. v. 28, n. 1, p. 1.

SILVA, A. M. D. Evasão na Educação Profissional: Perfil e motivações dos evadidos. Dissertação (Dissertação de Mestrado) — Universidade Estadual de Montes Claros-UNIMONTES, 2017. Citado 2 vezes nas páginas 10 e 12.

SILVA, M. R. d. A evasão escolar no if sertão-pe campus salgueiro: políticas de enfrentamento. Faculdade de Educação, 2019. Citado 2 vezes nas páginas 10 e 12.

SOUSA, M. d. G. d. N. et al. Evasão ou permanência na educação profissional e tecnológica? um estudo de caso no IFsul-rio—grandense–campus Santana do Livramento. 2020. Citado 2 vezes nas páginas 11 e 12.

TEMP, H.; COUTINHO, R. X. Evasão escolar no ensino médio: uma análise cienciométrica. Research, Society and Development, v. 9, n. 12, p. e8391210785–e8391210785, 2020. Citado 4 vezes nas páginas 1,2,3 e 4.

VEIGA, C. R. Fatores predominantes da evasão escolar no ensino médio integrado: uma proposta de estratégia de prevenção para o Cefet/RJ. Niterói, 2016.

VEIGA, C. R.; BERGIANTE, N. Fatores predominantes da evasão escolar no ensino médio profissional: Uma revisão de literatura. XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão e III Inovarse-Responsabilidade Social Aplicada, 2016. Disponível em:
<http://www.inovarse.org/sites/default/files/T16_323.pdf>. Acesso em: 6 dez. 2019. Citado 2 vezes nas páginas 1 e 3.

Downloads

Publicado

2021-11-01

Como Citar

SACRAMENTO, Laura Neta Dias do; ALBUQUERQUE, Monck Charles Nunes de; CYPRIANO, Carlos Alex Cantuário. Estudo sobre Evasão e Permanência no Ensino Técnico de Nível Médio Integrado: Um Mapeamento Sistemática de Literatura. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 26, p. 76–99, 2021. DOI: 10.29148/labor.v1i26.71888. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/71888. Acesso em: 23 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.