TRABALHO E EDUCAÇÃO: AMBIENTE, RELAÇÕES DE TRABALHO E SAÚDE DOS PROFISSIONAIS (PROFESSORES) DA EDUCAÇÃO DE ALTAMIRA.

Autores

  • Rozinaldo Ribeiro da Silva
  • Verusa Almeida da Silva

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i3.9292

Resumo

O artigo tem como objetivo identificar os fatores implícitos nas instituições municipais de ensino de Altamira, que colaboram para o surgimento e/ou agravamento do mal estar docente e analisar como o ambiente e as relações de trabalho promovem o desequilíbrio na saúde desses profissionais. No primeiro momento foi realizada a pesquisa bibliográfica utilizando como referências as contribuições de Marx (1988), Codo (1993), Iamamoto (2006), Gramsci (1995), Silva (2005), Tardif (2009). Na busca de resposta ao problema, para fins de organização optou-se por realizar, juntamente com a pesquisa bibliográfica, a pesquisa de campo, que ocorreu na SEMEC, ALTAPREV, SINTEPP e CAPS, nestes órgãos foram adquiridos documentações formais para análise da problemática em questão e em três Escolas Municipais de Ensino Fundamental foram aplicados questionários aos professores. Os dados adquiridos na pesquisa empírica possibilitaram observar que a grande maioria dos profissionais da educação afastados e/ou reabilitados no período da pesquisa são professores (as); todos os docentes entrevistados relataram algum tipo de mal estar relacionado ao contexto “ambiente e relações de trabalho”. Assim, foi possível concluir que tanto o ambiente, quanto as relações de trabalho implicam diretamente na saúde docente.

Biografia do Autor

Rozinaldo Ribeiro da Silva

Pedagogo, Mestre em Educação pela UFPA. Professor da Faculdade de Educação da UFPA.

Verusa Almeida da Silva

Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará – Campus de Altamira. Professora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Carlos Leocárpio Soares.

Downloads

Publicado

2017-03-25

Como Citar

SILVA, Rozinaldo Ribeiro da; SILVA, Verusa Almeida da. TRABALHO E EDUCAÇÃO: AMBIENTE, RELAÇÕES DE TRABALHO E SAÚDE DOS PROFISSIONAIS (PROFESSORES) DA EDUCAÇÃO DE ALTAMIRA. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 3, p. 96–113, 2017. DOI: 10.29148/labor.v1i3.9292. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/9292. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos