O COMPROMISSO DAS RELIGIÕES COM A PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE

  • VLADIMIR PASSOS FREITAS Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Palavras-chave: Conflitos religiosos e ambientais, encíclica Laudato Si, meio ambiente, religiões.

Resumo

O objetivo deste artigo é a analise do grau de influência das religiões sobre a proteção do meio ambiente. O artigo 225 da Constituição brasileira afirma ser dever de todos zelar por um meio ambiente ecologicamente equilibrado. Quase todas as Constituições do mundo têm dispositivos semelhantes. Neste dever geral, as religiões têm um papel de grande importância, visto que podem induzir seus fiéis a adotar práticas sadias de respeito aos recursos naturais e culturais. Nesta pesquisa analisa-se a situação específica das principais religiões e como elas têm se  colocado frente à questão ambiental. A metodologia empregada consiste em pesquisa doutrinária e referências às normas religiosa, de forma a permitir que se conclua o estado da análise teórica do tema. Ao final, propõe o artigo caminhos para tornar mais efetiva a ação das religiões na proteção ambiental e sustentabilidade.

Biografia do Autor

VLADIMIR PASSOS FREITAS, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Professor de Direito Ambiental do Programa de Pós-Graduação stricto senso, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. Desembargador Federal aposentado, ex-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª. Região. Pós-doutor em Saúde e Meio Ambiente pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo – USP. Doutor e mestre em Direito pela Universidade Federal do Paraná – UFPR.  Presidente da International Association for Court – Administration – IACA, com sede em Arlington, VA, Estados Unidos da América.

Referências

AFP. Por preservação ambiental, Rio Ganges vira pessoa jurídica na Índia. In: O Globo, 21 de março de 2017. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/meio-ambiente/por-preservacao-ambiental-rio-ganges-vira-pessoa-juridica-na-india-21091646>. Acesso em: 02 mar. 2017.

AGÊNCIA EFE. Poluição está matando o sagrado rio Ganges e intoxica os devotos hindus. G1, 23 de março de 2017. Disponível em: <https://g1.globo.com/natureza/noticia/poluicao-esta-matando-o-sagrado-rio-ganges-e-intoxica-os-devotos-hindus.ghtml>. Acesso em: 25 fev. 2018.

AGUIAR, Itamar Pereira de; LIMA, Bruna Havena Aragão; SANTOS, Guilherme Ribeiro Miranda dos. Religião e sociedade: as relações entre o estado e as concepções religiosas na formação do ordenamento social e jurídico. In: Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, UFSC, n. 12, p. 9-31, 2011.

ALMEIDA, Maria do Socorro Pereira de. A Natureza entre Oriente e Ocidente: uma leitura de Grande Sertão: Veredas e as perspectivas filosófico-culturais. In: Rios Eletrônica – Revista Científica da FASETE, ano 7, n. 7, p. 7-27, dez. 2013.

ALVES, Ana Carolina. Crenças ocidentais e orientais, sentido de vida e visões de morte: um estudo correlacional. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ciências das Religiões). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2013.

AQUINO, Aquino. Os doutores da Igreja. Ed. Cleofas, 16/1/2015. Disponível em: http://cleofas.com.br/os-doutores-da-igreja-eb/. Acesso em: 30 jun. 2018.

ASSMANN, Hugo. Ecoteologia: um ponto cego do pensamento cristão? In: ANJOS, Márcio Fabri dos; et. al. (Orgs.). Teologia Aberta ao Futuro. São Paulo: Loyola, 1997.

BETIATO, Mario Antonio. As tradições religiosas orientais. In: ROSSI, Luiz Alexandre Solano; KUZMA, Cesar. Cultura, religião e sociedade: um diálogo entre diferentes saberes. Curitiba: Champagnat, 2010.

BOFF, Leonardo. Ecologia, Mundialização, Espiritualidade: a emergência de um novo paradigma. São Paulo: Ática, 1993.

BRASIL. Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 70024938946, Tribunal Pleno, Relator: Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, julgado em 13/04/2009.

Brasil Escola. Calvinismo. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/ataques-igreja-calvinismo.htm. Acesso em: 2 jun. 2018.

CAPRA, Fritjof. O Tao da física. Uma análise dos paralelos entre a física moderna e o misticismo oriental. São Paulo: Cultrix, 2013.

CARDOSO, Rodrigo. A crise do budismo no Brasil. In: Isto É, edição 2182, de 07/09/2011. Disponível em:

<https://istoe.com.br/156867_A+CRISE+DO+BUDISMO+NO+BRASIL/>. Acesso em: 03 jul. 2018.

CHARBAJE, Rafaela R. et al. Budismo: movimento religioso de respeito à natureza. In: Sinapse Múltipla, ano 2, n. 1, p. 22-26, jun. 2013.

CHAMPION, Françoise. Religiosidade Flutuante, Ecletismo e Sincretismos. In: DELUMEAU, Jean. As grandes religiões do mundo. Lisboa: Presença, 1999.

CLÉMENT, Oliver; BAUBÉROT, Jean; ROGUES, Jean. O Cristianismo. In: DELUMEAU, Jean. As grandes religiões do mundo. Lisboa: Presença, 1999.

COSTA, Camila. Número de centros islâmicos sobe 20% em 2015 em São Paulo. Disponível em:

<https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150911_mesquitas_saopaulo_cc>. Acesso em: 5 jul. 2018.

DAWSON, Christopher. A divisão da cristandade. São Paulo: É Realizações, 2014.

DEBIASI, Evaristo (coord.). A verdadeira fisionomia dos Santos. São Paulo: AIS Brasil, 2008.

Declaração da Conferência de ONU no Ambiente Humano. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/estruturas/agenda21/_arquivos/estocolmo.doc>. Acesso em: 11 jul. 2018.

DOYLE, Alister. Líderes religiosos e indígenas se unem na proteção de florestas. O Globo, 19 jun. 2017. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/sociedade/sustentabilidade/lideres-religiosos-indigenas-se-unem-na-protecao-de-florestas-21493941>. Acesso em: 26 fev. 2018.

FARIA, Adriano Antônio. Filosofia da Religião. Curitiba: InterSaberes, 2017.

Fé e mudanças climáticas. Disponível em:

https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/especiais/fe_e_mudancas_climaticas/. Acesso em: 25 jun. 2018.

FREITAS, Vladimir Passos de. Ação proposta pelo rio Doce busca duvidosa proteção ambiental. 12/11/2017. Disponível em: <https://www.conjur.com.br/2017-nov-12/segunda-leitura-acao-proposta-rio-doce-busca-duvidosa-protecao-ambiental#_edn6>. Acesso em: 02 mar. 2018.

Igreja Adventista do Sétimo Dia. Adventistas no mundo. Disponível em: <https://www.adventistas.org/pt/institucional/os-adventistas/adventistas-no-mundo/>. Acesso em: 2 jun. 2018.

JUNGES, José Roque. Repensar a visão criacionista: cristianismo e ecologia. In: Revista Pistis Prax., v. 1, n. 2, p. 355-369, jul./dez. 2009.

KEENAN, Marjorie. O cuidado com a criação: atividade humana e meio ambiente. São Paulo: Loyola, 2004.

LAMA, Dalai. Uma ética para o novo milênio. Rio de Janeiro: Sextante, 2000.

LITTLETON, C. Scotte. Conhecendo o Xintoísmo: origens, crenças, práticas, festivais, espíritos, lugares sagrados. Petrópolis: Vozes, 2010.

GAARDER, Jostein; HELLERN, Victor; NOTAKER, Henry. O Livro das Religiões. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

GOLDFARB, Maria Patrícia Lopes; SOUZA, Vanessa Karla Mota de. O jardim de Allah: reflexões antropológicas do discurso ambiental islâmico. In: Fragmentos de Cultura, Goiânia, v. 26, n. 2, p. 221-230, abr/jun 2006.

Igreja Evangélica Luterana do Brasil. Disponível em: http://www.comunidadeluteranacristo.com.br/sobre.html. Acesso em: 2 jun. 2018.

ISLAMIC Declaration on Global Climate Change. Disponível em: <http://www.ifees.org.uk/wp-content/uploads/2016/10/climate_declarationmMWB.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2018.

KUGLER, Frederik (coord.). Cristianismo: guia ilustrado dos 2000 anos da fé cristã. Austrália: Millennium House, 2011.

MAÇANEIRO, Marcial. Religiões e Ecologia. São Paulo: Paulinas, 2011.

MAIMON,.Moshé ben Maimônides. Os 613 Mandamentos (Tariag Há-Mitzvoth). Tradução Giuseppe Nahaissi. São Paulo: Nova Stella, 1990.

MAIOR festival religioso do mundo ‘reuniu 100 milhões’ na índia. BBC, 12 de março de 2013. Disponível em: <http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/03/130311_galeria_india_fim_festival_fn>. Acesso em: 02 mar. 2018.

MORAES, Eva Aparecida Rezende de. As religiões mundiais e a ética biocêntrica. In: Atualidade Teológica, n. 39, ano XV, p. 555-568, set./dez. 2011.

MORAIS, Marcelo Alonso. Sustentabilidades Religiosa e Ambiental: as possibilidades da umbanda. In: Revista Angelus Novus, n. 3, maio 2012.

PAPA FRANCISCO. Carta Encíclica ‘Laudato si’ do santo padre Francisco: Sobre o cuidado da casa comum. São Paulo: Paulus, 2015.

PEW-TEMPLETON. Global Religious Futures Project. The future of world religions. Disponível em: < http://www.globalreligiousfutures.org>. Acesso em: 02 mar. 2018.

REIS, Émilien Vilas Boas; BIZAWU, Kiwonghi. A Encíclica Laudato Si à luz do Direito Internacional do Meio Ambiente. In: Veredas do Direito, vol. 12, n. 23, p. 23-65, jan./out. 2015.

RETAMALES, Valentina Moya. O Divino e o Sagrado da Natureza: a filosofia védica e o biocentrismo na relação sociedade-ambiente: o movimento Hare Krishna no Mundo Contemporâneo. 2000. 150 f. Dissertação (Mestrado). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

ROGUES, Jean. O Catolicismo. In: DELUMEAU, Jean. As grandes religiões do mundo. Lisboa: Presença, 1999.

RIBAUT, Pierre. As Igrejas Cristãs e o respeito pela criação. In: BEAUD, Michel; BEAUD, Calliope; LARBIBOUGUERRA, Mohamed (coords.). In: Estado do Ambiente no Mundo. Lisboa: Instituto Piaget, 1993.

SILVA, Eliane Moura da. Religião, diversidade e valores culturais: conceitos teóricos e a educação para a cidadania. In: Revista de Estudos da Religião, n. 4, pp. 1-14, 2004.

SILVA, Marilene Rosa Nogueira da. O feitiço e o poder do feitiço. In: LIMA, Lana Lage da Gama et al. (orgs,). História & Religião. Rio de Janeiro: FAPERJ: Mauad, 2002.

SILVA, Magnólia Gibson Cabral da. Religião e sustentabilidade: meio ambiente e qualidade de vida. In: Paralellus, v. 4, n. 8, p. 175-186, jan./jun. 2013.

SOUZA, Vanessa Karla Mota de. O jardim de Allah: o discurso ambiental islâmico a partir de aportes antropológicos da ecologia política. In: Caos – Revista eletrônica de Ciências Sociais, n. 21, nov. 2012. Disponível em: <http://www.cchla.ufpb.br/caos/n21/10.%20Discurso%20ambiental%20islamico%20e%20a%20ecologia%20politica.pdf>. Acesso em: 02 mar. 2018.

Sujo e poluído, o sagrado rio Ganges agoniza. In: Veja, 10 de julho de 2017. Disponível em: < https://veja.abril.com.br/mundo/a-lenta-morte-do-rio-ganges-2017/>. Acesso em: 02 mar. 2018.

VOGEL, Lilian. Viva São Benedito! Viva a Mãe do Rosário! A dança da Congada e as tradições seculares em Atibaia no ciclo natalino. Atibaia: Cocar Editora, 2013.

XAVIER, Érico Tadeu. Meio Ambiente e Ecologia: uma reflexão bíblica sobre a responsabilidade cristã. In: Hermenêutica, vol. 11, n. 1, p. 11-28, 2011.

Publicado
2019-12-31
Seção
Artigos