A transição do ensino médio para a universidade: um estudo qualitativo sobre os fatores que influenciam este processo e suas possíveis consequências comportamentais

  • Ana Paula Moreno Pinho Superintendência de Avaliação e Desenvolvimento Institucional / Instituto de Psicologia da Universidade Federal da Bahia _Programa de Pós doutorado (PPGPsi/UFBA). Pesquisadora
  • Laís Carvalho Dourado Carvalho Dourado Universidade Federal da Bahia
  • Rebeca Martins Aurélio Universidade Federal da Bahia / CRAS.
  • Antonio Virgílio Bittencourt Bastos Instituto de Psicologia - UFBA / Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Palavras-chave: Transição acadêmica, ensino médio, vida universitária, mudanças comportamentais, fatores de evasão.

Resumo

A entrada na Universidade para muitos jovens é marcada por uma fase de transição caracterizada por diversas mudanças que interferem em seu desenvolvimento psicossocial, além do profissional. O presente trabalho teve como objetivo a análise dos fatores que influenciaram na adaptação do aluno, egresso do ensino médio, à vida universitária, bem como a identificação das mudanças comportamentais ocorridas em função desse processo de transição acadêmica. O estudo foi realizado através de entrevistas semi-estrutadas com 8 estudantes pertencentes a diferentes cursos. Os dados foram analisados através da análise de conteúdo e categorizados em dois segmentos: Fatores que Influenciaram na Adaptação e Mudanças Comportamentais. Os resultados indicaram o destaque de sete categorias para o primeiro bloco – Infraestrutura; Informação sobre a Universidade e o curso; Fatores Externo à Universidade; Aspectos Organizacionais; Material de Estudo; Vínculos e Professores – e quatro categorias para o segundo bloco - Aspectos pessoais; Organização pessoal para o estudo; Tempo e Sintomas. O estudo contribui para pontuar as dificuldades encontradas pelos alunos ingressantes no contexto da universidade e proporcionou melhor compreensão sobre a transição acadêmica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Moreno Pinho, Superintendência de Avaliação e Desenvolvimento Institucional / Instituto de Psicologia da Universidade Federal da Bahia _Programa de Pós doutorado (PPGPsi/UFBA). Pesquisadora
Doutora em Administração, UFBA, 2009. Pesquisadora da Superintendência de Avaliação e Desenvolvimento Institucional e do Instituto de Psicologia da Universidade Federal da Bahia através do Programa de Pós doutorado (PPGPsi/UFBA).
Laís Carvalho Dourado Carvalho Dourado, Universidade Federal da Bahia

Psicóloga formada pela Universidade Federal da Bahia, 2014.

Rebeca Martins Aurélio, Universidade Federal da Bahia / CRAS.

Psicóloga formada pela Universidade Federal da Bahia, 2013. CRAS.

Antonio Virgílio Bittencourt Bastos, Instituto de Psicologia - UFBA / Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Doutor em Psicologia, UnB, 1994. Professor Titular do Instituto de Psicologia - UFBA. Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicologia - PPGPsi/UFBA

Referências

Almeida, L. S. & Cruz, J. F. A. (2010). Transição

e Adaptação Académica: reflexões

em torno dos alunos do 1º ano da Universidade

do Minho. In: Ensino Superior em

Mudança: Tensões e Possibilidades. UM.

CIEd. Actas do Congresso Ibérico, Braga,

Portugal.

Almeida, L. S., Soares, A. P., & Ferreira, J.

A. (2000). Transição e adaptação à Universidade:

Apresentação do Questionário

de Vivências Académicas. Psicologia, Braga,

(2), 189-208.

Azevedo, A. & Faria, L. (2003). Transição

para o ensino superior: Estudo Preliminar

de um Questionário de Experiências

de Transição Académica. Fases, Porto,

(2).

Bauer, M. & Gaskell, G.(2000). Pesquisa

qualitativa com texto, imagem e som: um

manual prático. Rio de janeiro: Petrópolis

Ed. Vozes.

Castanho, S. E. M. (2000). Educação superior

do séc. XXI: discussão de uma proposta.

Caxambu: ANPED.

Coulon, A. (2008). A condição de estudante:

a entrada na vida universitária. Salvador,

EDUFBA

Cunha, S. M. & Carrilho, D. M. (2005). O

processo de adaptação ao ensino superior

e o rendimento acadêmico. Psicologia Escolar

e Educacional, Campinas, 9(2), 215-

Dellagnelo, E. & Silva, R. C. (2005). Análise

de conteúdo e sua aplicação em pesquisa

em administração. Rio de Janeiro. FGV.

Igue, É. A.; Bariane, I. C. D. & Milanesi,

P. V. B. (2008). Vivência acadêmica e expectativas

de universitários ingressantes

e concluinte. Psico USF. Itatiba, 13(2),

-164.

Papalia, D. & Olds, S. Desenvolvimento humano.

Porto Alegre: Artes Médicas Sul.

Teixeira, M. A. P.; Dias, A. C. G.; Wothich,

S. H. & Oliveira, A. M (2008). Adaptação

à universidade em jovens calouros. Psicologia

Escolar e Educacional, Campinas,

(1), m 185- 202

Publicado
2015-07-21
Como Citar
Pinho, A. P. M., Dourado, L. C. D. C., Aurélio, R. M., & Bastos, A. V. B. (2015). A transição do ensino médio para a universidade: um estudo qualitativo sobre os fatores que influenciam este processo e suas possíveis consequências comportamentais. Revista De Psicologia, 6(1), 33-47. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/1691
Seção
Artigos