Planos de demissão voluntária: reflexos sobre a relação indivíduo-trabalho

  • Natália Diógenes de Brito Universidade Federal de Ceará
  • Cássio Adriano Braz de Aquino Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Neoliberalismo, plano de demissão voluntária, privatização.

Resumo

O presente trabalho marca uma das etapas de produção da dissertação do mestrado desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFC. Diante do momento de marcada instabilidade econômica no cenário brasileiro, representada por fatores como o aumento da inflação, o recuo no crescimento de numerosos setores da economia e a grande redução de postos de trabalho, vimos ressurgir estratégias organizacionais que visam a manutenção dos lucros, alicerçadas em ações que permitam mudanças rápidas e significativas para os empreendimentos que as adotam. Tem-se como objetivo investigar a utilização de uma das estratégias que reapareceu nesse momento de crise, a saber, os Planos de Demissão Voluntária (PDVs). Historicamente, a intensificação de sua aplicação no Brasil se deu no decurso da década de 1990, caracterizada pela adoção de medidas político-econômicas neoliberais, ademais da política de privatização de empresas nacionais. Através de uma revisão bibliográfica, analisaremos os desdobramentos da tentativa de implantação do projeto neoliberal no Brasil, tomando como foco as transformações na dinâmica do trabalho no contexto nacional e suas principais consequências para os trabalhadores. Buscaremos refletir acerca da utilização dos PDVs enquanto mecanismos de desmantelamento do setor público à época, e sobre seus objetivos e possíveis repercussões na atualidade.

Biografia do Autor

Natália Diógenes de Brito, Universidade Federal de Ceará
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (POSPSI/FUNCAP).
Cássio Adriano Braz de Aquino, Universidade Federal do Ceará
Doutor em Psicologia Social pela UniversidadComplutense de Madrid
Publicado
2016-06-30
Como Citar
de Brito, N. D., & Braz de Aquino, C. A. (2016). Planos de demissão voluntária: reflexos sobre a relação indivíduo-trabalho. Revista De Psicologia, 7(1), 38-50. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/3671
Seção
Artigos