Considerações sobre a análise da categoria ‘pertencimento’ em famílias migrantes

  • Susana Kramer de Mesquita Oliveira Universidade Federal do Ceará
  • Maria Inês Gandolfo Conceição Universidade de Brasília
Palavras-chave: Migração, Família, Pertencimento, Socionomia.

Resumo

O trabalho apresentará a pesquisa de doutorado da autora, ‘Afetividade da família migrante: um estudo sociodramático’ (UnB, 2008), cujo objetivo principal foi compreender o processo de reorganização interna (‘familidade’) e de pertença social de famílias que migraram do nordeste do Brasil (Ceará) para a capital brasileira (Brasília), por razões profissionais. A pesquisa se fundamentou no arcabouço conceitual e na proposta metodológica da Socionomia (Jacob Levy Moreno), que têm se mostrado um importante instrumento para análise de grupos em processo de transformação. Os sujeitos foram duas famílias de classe sócio econômica media, que participaram, em grupo, de quatro sessões de sociodrama temático: 1. Dinâmicas de pertencimentos e imagens idealizadas de família, 2. Historiodrama da migração, 3. Sociometria da migração, 4. Perspectivas futuras da família migrante. O presente trabalho tem como objetivos: 1. Apresentar os principais conceitos que nortearam a problematização da pesquisa; 2. Discutir o alcance do Sociodrama como método de pesquisa qualitativo; 3. Apresentar o quadro “análise do pertencimento” elaborado na discussão da tese, a partir dos aspectos críticos da experiência dos sujeitos; 4. Estabelecer elementos comuns para a investigação de novos fluxos migratórios contemporâneos, no Brasil e mundo.

 

Biografia do Autor

Susana Kramer de Mesquita Oliveira, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Psicologia Clínica e Cultura pela Universidade de Brasília (UnB). Professora do Programa de Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Coordenadora do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC.
Maria Inês Gandolfo Conceição, Universidade de Brasília
Doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília (UnB). Professora do Programa de Pós Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília.
Publicado
2016-07-30
Como Citar
Oliveira, S. K. de M., & Conceição, M. I. G. (2016). Considerações sobre a análise da categoria ‘pertencimento’ em famílias migrantes. Revista De Psicologia, 7(1), 139-150. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/3680
Seção
Artigos