Prevalência de pneumonia associada à ventilação mecânica por meio de análise das secreções traqueobrônquicas

Authors

  • Elenice Gomes Ferreira Centro Universitário Cesumar
  • André Kimura Centro Universitário Cesumar
  • Danielly Fernandes de Ramos Centro Universitário Cesumar
  • Pascoal Leite de Albuquerque Centro Universitário Cesumar
  • Mateus Dias Antunes Centro Universitário Cesumar
  • Daniel Vicentini de Oliveira Universidade Estadual de Campinas

Keywords:

Serviço Hospitalar de Fisioterapia, Unidades de Terapia Intensiva, Enfermagem.

Abstract

Objetivo: verificar a prevalência da pneumonia associada à ventilação mecânica por meio da coleta e análise das secreções traqueobrônquicas. Métodos: estudo observacional com 13 pacientes do sexo masculino. Foi aplicada a escala de Acute Physiology and Chronic Health Evalution e o Clinical Pulmonary Infection Score após 72 horas de internação orotraqueal.Resultados: observou-se uma pontuação média de 33 pontos, ou seja, estes pacientes apresentaram em média 75% de chance de óbito. Foram encontradas como microorganismos de maior prevalência o Staphylococcus aureus (23,07%) e Klebsiella pneumoniae (15,38%).Conclusão: a prevalência de pneumonia associada à ventilação mecânica foi de 25% dos casos e que o microorganismo de maior prevalência foi Klebsiella pneumoniae eStaphylococcus aureus.

 

Published

2017-06-12

How to Cite

Ferreira, E. G., Kimura, A., Ramos, D. F. de, Albuquerque, P. L. de, Antunes, M. D., & Oliveira, D. V. de. (2017). Prevalência de pneumonia associada à ventilação mecânica por meio de análise das secreções traqueobrônquicas. Rev Rene, 18(1), 114–120. Retrieved from http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/19223

Issue

Section

Research Article

Most read articles by the same author(s)