Atendimento inicial ao queimado na formação acadêmica de enfermagem

  • William Campo Meschial Universidade Estadual de Maringá
  • Magda Lúcia Félix de Oliveira Universidade Estadual de Maringá
Keywords: Queimaduras, Enfermagem em Emergência, Estudantes de Enfermagem.

Abstract

Objetivo: descrever a vivência de estudantes de Enfermagem no atendimento inicial ao queimado. Métodos: estudo transversal, realizado com 107 estudantes de Enfermagem de quatro Instituições de Educação Superior. Utilizou-se um questionário modular, estruturado, dividido em três blocos. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva, por meio do programa Epi Info® 6.04. Resultados: a maioria (94,4%) informou que o atendimento inicial ao queimado foi abordado em disciplinas da graduação, porém 81,6% consideraram a abordagem insuficiente. Sobre a relação teoria-prática da abordagem, 47,7% afirmaram ter participado de atividades teóricas extracurriculares, e 28,0% realizaram atividades práticas do atendimento inicial ao queimado. A totalidade dos alunos considerou importante a abordagem desse tema na graduação: 38,7% afirmaram ser extremamente importante, mas 41,1% possuíam pouca ou nenhuma afinidade com o tema. Conclusão: a vivência do tema, em especial nas atividades práticas, foi considerada insuficiente pelos estudantes de Enfermagem, indicando a necessidade premente de repensar práticas de ensino.

Author Biography

Magda Lúcia Félix de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá
Enfermeira. Doutora em Saúde Pública. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá
Published
2017-06-13
Section
Research Article