Avaliação da higienização das mãos de acadêmicos de Enfermagem e Medicina

  • Vanessa Dias da Silva Faculdade Grande Fortaleza
  • Joselany Áfio Caetano Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE
  • Leonardo Alexandrino da Silva Universidade Federal do Ceará
  • Marta Maria Costa Freitas Hospital Universitário Walter Cantídio
  • Paulo César de Almeida Universidade Estadual do Ceará
  • Jorge Luís Nobre Rodrigues Hospital Universitário Walter Cantídio
Keywords: Lavagem das Mãos, Controle de Infecções, Estudantes de Enfermagem, Estudantes de Medicina.

Abstract

Objetivo: verificar a habilidade de acadêmicos de enfermagem e medicina relacionados à técnica da higienização das mãos. Métodos: estudo transversal realizado com 61 acadêmicos. Utilizou-se a higienização das mãos com álcool gel a 70,0%, no qual foi adicionado o corante fluorescente Visirub®, que permitiu observar áreas não contempladas durante a higienização das mãos e investigação dos oito passos recomendados pela Organização Mundial de Saúde.Resultados: 35,7% dos acadêmicos de enfermagem e 15,1% dos acadêmicos de medicina empregaram a técnica de higienização das mãos com álcool gel a 70,0% seguindo os oito passos recomendados. Os passos menos realizados pelos acadêmicos de enfermagem foram “esfregar palma com dorso”, 46,4% não realizaram, e de medicina “esfregar costas dos dedos sobre as palmas”, 63,6%. Nenhum acadêmico conseguiu contemplar todas as áreas.Conclusão: nenhum acadêmico conseguiu realizar a higiene das mãos em todas as áreas adequadamente; daí a necessidade de reforçar a técnica correta.

Author Biography

Joselany Áfio Caetano, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE
docente do departamento de Enfermagem UFC
Published
2017-06-13
Section
Research Article