Estratégias de coping em trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário

  • José Ricardo Ferreira da Fonseca
  • Ana Lúcia Siqueira Costa
  • Diandra Sabrina Seixas Coutinho
  • Raquel da Costa Gato

Abstract

Objetivo: avaliar a associação das estratégias de coping e as características dos profissionais de enfermagem de um hospitaluniversitário. Métodos: pesquisa transversal, quantitativa, com 92 profissionais de enfermagem de unidade de internaçãode um hospital universitário. Para avaliação utilizou a Escala de Modo de Enfrentamento de Problemas, e para análiseempregou o coeficiente de correlação de Spearman e o teste Mann-Whitney. Resultados: a estratégia focada no problemafoi a mais utilizada, as mulheres buscam mais a estratégia focada na prática religiosa que os homens (p=0,017); a idade(p=0,031), renda individual (p=0,049) e carga horária de trabalho (p=0,027) também tiveram correlação significativa com asdimensões da escala. Conclusão: as características sociodemográficas tem associação com as estratégias de coping e podeminfluenciar a escolha do indivíduo pela estratégia de enfrentamento.
Published
2015-11-10
Section
Research Article