Intervenções e resultados de enfermagem para risco de lesão por pressão em pacientes críticos

  • Luana Nunes Caldini Universidade Federal do Ceará
  • Renan Alves Silva Universidade Federal do Ceará
  • Geórgia Alcântara Alencar Melo Universidade Federal do Ceará
  • Francisco Gilberto Fernandes Pereira Universidade Federal do Piauí
  • Natasha Marques Frota Estácio FIC
  • Joselany Áfio Caetano Universidade Federal do Ceará
Keywords: Processo de Enfermagem, Cuidados de Enfermagem, Lesão por Pressão, Fatores de Risco, Unidades de Terapia Intensiva, Cuidados Críticos.

Abstract

Objetivo: estabelecer relações entre as intervenções e os resultados de enfermagem para o diagnóstico Risco de lesão por pressão em pacientes críticos. Métodos: estudo longitudinal, realizado com 63 pacientes, em uma unidade de terapia intensiva. Utilizou-se um instrumento com dados clínicos do paciente e a Escala de Braden. Realizou-se a técnica de mapeamento cruzado a fim de estabelecer os resultados e as intervenções de enfermagem para cada fator de risco. Resultados: encontraram-se quatro relações intervenções/resultados para percepção sensorial; 11 para umidade; cinco para atividade; seis para nutrição; quatro para mobilidade; e três para fricção/cisalhamento. Conclusão: identificaram-se 33 relações direcionadas aos fatores de risco observados, com maior frequência para umidade. As relações estabelecidas para a umidade foram: eliminação urinária, resposta à medicação, cicatrização de feridas: segunda intenção, autocuidado: banho, equilíbrio hídrico, equilíbrio eletrolítico e ácido-base, continência intestinal e integridade tissular: pele e mucosas.
Published
2017-11-21
Section
Article