Aspectos clínicos das pessoas com insuficiência renal crônica em tratamento conservador

Authors

  • Camila Castro Roso
  • Margrid Beuter
  • Jamile Lais Bruinsma
  • Júlia Heinz da Silva
  • Arlete Maria Brentano Timm
  • Macilene Regina Pauletto

Keywords:

Insuficiência Renal Crônica, Enfermagem, Doença Crônica, Acontecimentos que Mudam a Vida.

Abstract

Objetivou-se descrever os aspectos clínicos e sociais das pessoas com insuficiência renal crônica em tratamento conservador em um ambulatório de uremia da região sul do Brasil. Trata-se de uma pesquisa de campo, descritiva, exploratória, com abordagem qualitativa, desenvolvida com 15 pessoas. Os dados foram coletados no período de março a maio de 2011, por meio da entrevista narrativa de vivências e análise documental. Evidenciou-se que grande parte dos participantes tem como doença de base a hipertensão arterial sistêmica e o diabetes mellitus e que o tratamento conservador da insuficiência renal crônica estimula a redução do ritmo de progressão da doença, mantendo a função renal e melhorando as condições clínicas, psicológicas e sociais das pessoas. Conclui-se que as alterações laboratoriais, como o metabolismo da creatinina, ureia, potássio, cálcio e fósforo, estão relacionados à piora da função renal, ao agravamento das doenças cardiovasculares e ao aumento da morbidade e mortalidade. O tratamento conservador reduz o ritmo de progressão da doença, mantendo a função renal e melhorando as condições clínicas, psicológicas e sociais das pessoas. O enfermeiro pode desenvolver atividades de educação em saúde efetivas na promoção da saúde dessas pessoas.

Published

2013-12-08

How to Cite

Roso, C. C., Beuter, M., Bruinsma, J. L., Silva, J. H. da, Timm, A. M. B., & Pauletto, M. R. (2013). Aspectos clínicos das pessoas com insuficiência renal crônica em tratamento conservador. Rev Rene, 14(6). Retrieved from http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/3742

Issue

Section

Research Article

Most read articles by the same author(s)

<< < 1 2