Acidente Vascular Encefálico: perfil de indicadores de risco

Authors

  • Rafaella Pessoa Moreira
  • Thelma Leite de Araújo
  • Tahissa Frota Cavalcante
  • Nirla Gomes Guedes
  • Marcos Venícios de Oliveira Lopes
  • Alice Gabrielle de Sousa Costa
  • Daniel Bruno Resende Chaves

Keywords:

Enfermagem, Acidente Cerebral Vascular, Fatores de Risco.

Abstract

O conhecimento dos indicadores de risco auxilia na construção de estratégias mais eficazes de intervenção junto às pessoas com acidente vascular encefálico (AVE). O objetivo do estudo foi identificar os indicadores de risco nos clientes que sobreviveram ao AVE. Estudo transversal, realizado com 121 clientes que frequentavam unidades de reabilitação em Fortaleza. Dados coletados de novembro de 2007 a março de 2008, por meio de entrevista. A média de idade foi de 61,6 anos (± 12,4). A maioria era do sexo masculino (52,9%). Os clientes apresentaram em média 1,4 (± 1,0) episódios de AVE. Entre os indicadores de risco, o mais presente foi a hipertensão arterial (85,1%), seguido do sedentarismo (58,7%) e dislipidemias (29,8%). Conclui-se que a hipertensão arterial foi o indicador de risco mais presente e que medidas de controle desta doença devem ser implementadas para reduzir o risco de novos AVEs.

DOI:https://doi.org/10.15253/2175-6783.20100002000014

Published

2010-04-14

How to Cite

Moreira, R. P., Araújo, T. L. de, Cavalcante, T. F., Guedes, N. G., Lopes, M. V. de O., Costa, A. G. de S., & Chaves, D. B. R. (2010). Acidente Vascular Encefálico: perfil de indicadores de risco. Rev Rene, 11(2). Retrieved from http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/4539

Issue

Section

Research Article

Most read articles by the same author(s)

<< < 6 7 8 9 10 11