Aplicativos que facilitam e contribuem para qualidade da prática profissional, com foco na avaliação da satisfação dos usuários, na loja virtual Google Play

Palavras-chave: Enfermeiro. Tecnologia da Informação. Aplicativos.

Resumo

Introdução e objetivos: Mudanças tecnológicas vêm ocorrendo de forma rápida, e dentre elas têm se destacado os dispositivos móveis e seus aplicativos que, atualmente, são utilizados no campo da saúde, proporcionando benefícios. O objetivo é investigar os principais aplicativos utilizados em dispositivos móveis que facilitam e contribuem para prática profissional de enfermagem. Métodos:  O método de pesquisa contou com acessos às lojas virtuais Play Store e AppStore a fim de realizar buscas pelos aplicativos de interesse e coletar informações sobre eles. Trata-se de uma pesquisa exploratória. Foi realizado o levantamento dos principais aplicativos utilizados na área da saúde em bibliotecas de aplicativos nos sistemas operacionais Android e iOS, nas lojas Play Store e AppStore, por meio das palavras-chave “assistência” e “enfermagem”, nas duas plataformas. A partir disso, selecionamos os aplicativos com idioma em português e excluímos aqueles que não faziam referência ao assunto da pesquisa. Resultados:  A busca geral resultou em 52 aplicativos, 34 coletados da Google Play Store da Google Play® e 18 da Apple Store da Apple, sendo o primeiro grupo referente ao sistema Android e o segundo ao iOS. Nos sistemas operacionais Android e iOS, Educação foi a categoria mais encontrada dentre os aplicativos selecionados pelo sistema Android, enquanto Medicina foi a categoria mais encontrada nos aplicativos coletados no sistema iOS. Conclusão:  Os usuários de aplicativos com a temática “assistência” e “enfermagem” buscam, sobretudo, por informações técnicas e aprendizado sobre o tema. Esse público, em sua maioria, utiliza aparelhos com a configuração Android, sistema este que apresentou maior número de aplicativos da área de enfermagem, maior quantidade de avaliações e maior nível de satisfação dos usuários, quando comparado ao iOS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson de Souza, Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Mestrando em Telessaúde pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro UERJ. Bacharel em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Campus Poços de Caldas. Especialista em Enfermagem do Trabalho e Saúde Ocupacional Universidade Candido Mendes, UCAM, Rio de Janeiro. Especialista em Saúde da Familia Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP. Especialista em Informática em Saúde, Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP.

Marcia Maria Pereira Rendeiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Possui graduação em odontologia pela Universidade do Grande Rio, Mestrado em Odontologia (Odontologia Social) pela Universidade Federal Fluminense e Doutorado em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública. Tem experiência na área de Gestão em Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: Avaliação de Programas e Serviços de Saúde, Análise de Políticas Públicas de Saúde, Telemedicina, Teleodontologia e Telessaúde. Atualmente, é Coordenadora Executiva da Universidade Aberta do SUS/MS/UERJ; Consultora do Programa Telessaúde Brasil/MS, Núcleo UERJ, Coordenadora Adjunta Mestrado Profissional Telemedicina e Telessaúde/UERJ. 

Adriany Araújo, Universidade do estado do Rio de Janeiro

Mestranda em Telemedicina e Telessaúde pela Universidade do estado do Rio de Janeiro.

Referências

Coutinho GL. A Era dos Smartphones: Um estudo Exploratório sobre o uso dos Smartphones no Brasil. Faculdade de Comunicação social, habilitação em Publicidade e Propaganda [Internet]. 2014;67. Available from: http://bdm.unb.br/handle/10483/9405

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Acesso à internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para o uso pessoal: 2017 [Access to the internet and television and mobile phone possession for personal use: 2017]. 2018;12. Available from: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=2101631

Macedo Reis Mercês J, Pereira Redeiro MM. a Importância Dos Dispositivos Móveis Como Estratégia Para a Formação E Desenvolvimento De Profissionais De Saúde [Internet]. 2016 [cited 2019 Nov 3]. Available from: http://www.abed.org.br/congresso2016/trabalhos/306.pdf

El Hadidy TS, Alshafei AE, Mortell AE, Doherty EM, Santos MC dos, Marin H de F, et al. Smartphones in clinical practice: doctors’ experience at two Dublin paediatric teaching hospitals [Internet]. Vol. 34, Revista Brasileira de Enfermagem. Irish Journal of Medical Science (1971 -); 2018. p. 118–25. Available from: http://aquichan.unisabana.edu.co/index.php/aquichan/article/view/9197/4850

Moreira AMR, Sousa CS, Turrini RNT. Comunicação eletrônica entre profissionais de saúde na assistência ao paciente: revisão integrativa. Rev SOBECC [Internet]. 2019 Jul 5;24(2):99–106. Available from: https://revista.sobecc.org.br/sobecc/article/view/492

Peruzzo innocente A, César Cazella S. O USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS NO ENSINO DA ENFERMAGEM: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. Em Rede Revista de Educação a Dsitância. 2018;25(3):347–61.

Vieccelli Donoso MT, De Souza MAF, De Mattos SS, Campos DM de P, Silqueira SM de F, Sharry S. A enfermagem nas unidades de terapia intensiva: o aparato tecnologico versus a humanização da assistência. Rev Enferm do Centro-Oeste Min [Internet]. 2017 Dec 20;7. Available from: http://seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/1883

Silva Junior MG da, Araújo E da C, Moraes CRS, Gonçalves LHT. Software para Sistematização da Assistência de Enfermagem em unidade de internação hospitalar. Revista Brasileira de Enfermagem [Internet]. 2018 Oct;71(5):2425–31. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672018000502425&lng=en&tlng=en

Ryu S. Book Review: mHealth: New Horizons for Health through Mobile Technologies: Based on the Findings of the Second Global Survey on eHealth (Global Observatory for eHealth Series, Volume 3) [Internet]. Vol. 18, Healthcare Informatics Research. IEEE; 2012. p. 231. Available from: http://ieeexplore.ieee.org/document/5529886/

iOS - Saúde - Apple (BR) [Internet]. 2021 [cited 2021 Feb 8]. Available from: https://www.apple.com/br/ios/health/

Google Play. Apps Android no Google Play [Internet]. 2021 [cited 2021 Feb 8]. Available from: https://play.google.com/store/apps

O’Dea S. • Participação no mercado global de sistema operacional para smartphones em 2014-2023 _ Statista [Internet]. 2020. Available from: https://www.statista.com/statistics/277048/global-market-share-forecast-of-smartphone-operating-systems/

Departamento de Pesquisa Statista. Número de downloads de aplicativos móveis em todo o mundo de 2016 a 2020 [Internet]. Statista. 2021 [cited 2021 Feb 8]. Available from: https://www.statista.com/statistics/271644/worldwide-free-and-paid-mobile-app-store-downloads/

Publicado
2021-05-07