Agenda neoconservadora no governo Bolsonaro e a redução da maioridade penal

Palavras-chave: Maioridade penal, neoconservadorismo, Juventude

Resumo

O artigo analisa a agenda neoconservadora do governo Jair Bolsonaro a partir da proposta de redução da maioridade penal. A primeira seção discute o avanço do neoconservadorismo no país que tem como ápice a eleição de Bolsonaro em 2018. A segunda seção aborda a redução da maioridade penal como um importante elemento dessa agenda neoconservadora. A terceira avalia como o governo Bolsonaro tem lidado com a redução da maioridade penal. Por fim, a quarta seção observa o lugar do neoconservadorismo no governo federal a partir do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado por Damares Alves. Conclui-se que um dos principais centros da agenda neoconservadora no governo Bolsonaro é o Ministério da Mulher.

Biografia do Autor

Theófilo Machado Rodrigues, UERJ

Theófilo Rodrigues é Professor Substituto no Departamento de Ciência Política da UERJ. Doutor em Ciências Sociais pela PUC-Rio e Mestre em Ciência Política pela UFF.

Referências

ALEGRETTI, Laís. Renan diz que não vai 'sonegar' trâmite da PEC que reduz idade penal. G1, Brasília, 27 ago. 2015.

ALMEIDA, Sílvio Luiz de. Racismo estrutural. São Paulo: Editora Pólen, 2019.

ALMEIDA, Ronaldo. Bolsonaro presidente: conservadorismo, evangélicos e a crise brasileira. Novos Estudos. CEBRAP, v. 38, p. 185-213, 2019.

AMORIM, Felipe; PRAZERES, Leandro; MARCHESAN, Ricardo. Ministro de Temer justifica ausência de mulheres no governo: ‘não foi possível’. UOL, 13 mai. 2016.

BIROLI, Flávia; MACHADO, Maria das Dores Campos; VAGGIONE, Juan Marco. Gênero, Neoconservadorismo e democracia. São Paulo: Boitempo, 2020.

BIROLI, Flávia. No familismo, neoliberais encontram direita religiosa. Outras palavras. 21 mai. 2019.

BRASIL. Nota Técnica N° 01/2015. Ministério da Justiça, Brasília, 26 jun. 2015a

______. Experiência mostra que reduzir maioridade não resolve questão da violência, afirma Dilma. Casa Civil, Brasília, 30 abr. 2015b.

______. Ministro recebe manifesto da juventude contra redução da maioridade penal. Secretaria de Governo, Brasília, 08 abr. 2015c.

______. Nota Técnica. Câmara dos Deputados, Brasília, 13 mai. 2015d.

______. Ministros reafirmam posição do governo contra redução da maioridade. Secretaria de Governo, Brasília, 15 mai. 2015e.

______. Ministro discute maioridade penal na Câmara. Ministério da Justiça, Brasília, 16 jun. 2015f.

______. Conasp reforça posicionamento contra redução da maioridade penal. Ministério da Justiça, Brasília, 30 jun. 2015g.

______. Seppir divulga nota técnica contra redução da maioridade penal. Ministério dos Direitos Humanos, Brasília, 29 jun. 2015h.

______. Secretários estaduais lançam manifesto contra redução da maioridade penal. Ministério da Justiça, Brasília, 02 jul. 2015i.

______. O caminho da prosperidade: proposta de plano de governo. TSE, Brasília, 2018.

______. Ministro defende discussão sobre redução da maioridade penal. MEC, Brasília, 23 set. 2020.

BROWN, Wendy. Nas ruínas do neoliberalismo: a ascensão da política antidemocrática no ocidente. São Paulo: Editora Politéia, 2019.

CAMPOS, Marcelo da Silveira. Mídia e Política: a construção da agenda nas propostas de redução da maioridade penal na Câmara dos Deputados. Opin. Publica, Campinas, v. 15, n. 2, p. 478-509, 2009.

CAVALCANTI, Mariana Fonseca; OLIVEIRA, Isabel Fernandes de. Maioridade penal: a urgência de uma discussão. Rev. Subj., Fortaleza, v. 15, n. 2, p. 257-264, 2015.

CERIONI, Clara. Datafolha: 84% dos brasileiros querem redução da maioridade penal. Exame, 14 jan. 2019.

CNBB. Pastoral do menor divulga manifesto sobre a redução da maioridade penal. 18 dez. 2020.

FRASER, Nancy; JAEGGI, Rahel. Capitalismo em debate: Uma conversa na teoria crítica. São Paulo: Editora Boitempo, 2020.

FREIRE, Sabrina. Ao lado de Moro, Bolsonaro defende votação da PEC da maioridade penal. Poder 360, 08 ago. 2019.

GRIGORI, Pedro. Missionários, cristãos, “antifeministas”: como é o novo Ministério de Direitos Humanos comandado por Damares Alves. Pública, 14 jan. 2019.

KWEN, Nara Josepin. O debate da Maioridade Penal no Congresso Nacional: Mapeamento das Propostas Legislativas. Tese de mestrado. Fundação Getúlio Vargas: São Paulo, 2016.

LAZZARATO, Maurizio. Fascismo ou revolução: o neoliberalismo em chave estratégica. São Paulo: editora n-1, 2019.

LINS, Rodrigo; FIGUEIREDO FILHO, Dalson; SILVA, Lucas. A redução da maioridade penal diminui a violência? Evidências de um estudo comparado. Opin. Pública, Campinas, v. 22, n. 1, p. 118-139, 2016.

LUPION, Bruno. Como Bolsonaro vem atuando para facilitar o acesso a armas. DH, 27 ago. 2020.

MACHADO, M. D. C.; FERNANDES, S. Mídia Pentecostal: Saúde Feminina, Planejamento Familiar em Perspectiva. Cadernos de Antropologia e Imagem. Rio de Janeiro: UERJ, 1997.

MOUNK, Yascha. O povo contra a democracia. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

NICOLAU, Jairo. O Brasil dobrou à direita: uma radiografia da eleição de Bolsonaro em 2018. Rio de Janeiro: editora Zahar, 2020.

OLIVEIRA, Bruna Cristina Silva. ’Nenhum passo atrás’: algumas reflexões em torno da redução da maioridade penal. Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 131, p. 75-88, 2018.

PLATINI, Michel. Perseguição na secretaria das pessoas com deficiência. Congresso em foco, 17 dez. 2019.

RANGEL, Patrícia; DULTRA, Eneida. Engolidas pela onda azul: um ensaio sobre a retração de direitos das mulheres no contexto pós-impeachment de Dilma Rousseff. Plural, 26 (1), p. 133-154, 2019.

RIZZINI, Irene; VALE, Juliana. Redução da Maioridade Penal: uma velha questão. Desigualdade & Diversidade – Revista de Ciências Sociais da PUC-Rio, n. 15, jul/dez, p. 9-29, 2014.

RODRIGUES, Basília. Após três meses, governo volta a ter secretário de promoção da igualdade racial. CNN, 06 jan. 2021.

SAKAMOTO, Leonardo. Com Flávio acuado, ministérios são instados a comentar projeto do senador. UOL, 06 out. 2020a.

______. Secretaria de Juventude dá parecer favorável à redução da maioridade penal. UOL, 15 dez. 2020b.

SOLANO, Esther. O ódio como política: a reinvenção das direitas nos Brasil. São Paulo: Editora Boitempo, 2018.

TARROW, Sidney. O poder em movimento: movimentos sociais e confronto político. Petrópolis: Editora Vozes, 2009.

’TUDO tem seu tempo’: a campanha de Damares contra gravidez precoce. DW, 04 fev. 2020.

VIVAS, Fernanda. “'Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã', diz Damares ao assumir Direitos Humanos”. G1, 02 de jan. 2019.

Publicado
2022-07-01