Cisto ovariano gigante simulando ascite<br> doi: 10.20513/2447-6595.2016v56n1p71-74

  • Virginia Moreira Braga Hospital Universitário Walter Cantídio
  • José Milton de Castro Lima Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Marcelo Leite Vieira Costa Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Cesar Portugal Prado Martins Universidade Federal do Ceará (UFC)
Palavras-chave: Adenoma. Ovário. Cistos ovarianos. Laparotomia.

Resumo

Cisto ovariano gigante simulando ascite é um evento raro devido ao avanço do diagnóstico precoce por imagem nos serviços de saúde. O diagnóstico diferencial com ascite é o maior desafio durante o manejo desses cistos. Como tratamento, requerem ressecção pelos sintomas associados que podem causar, como complicações devido ao efeito de massa, dificuldades em estabelecer a origem da lesão e do risco de malignidade (raro). Descreveremos um caso de uma jovem com cisto ovariano gigante internada com hipótese inicial de ascite de causa a esclarecer.

Biografia do Autor

Virginia Moreira Braga, Hospital Universitário Walter Cantídio
Médica pela Universidade Federal de Alagoas, Residência em Clínica Médica pelo Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), Universidade Federal do Ceará (UFC)
José Milton de Castro Lima, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Médico, Gastroenterologista, Professor do Serviço de Gastroenterologia do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), Universidade Federal do Ceará (UFC)
Marcelo Leite Vieira Costa, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Médico, Cirurgião Oncológico, Professor do Departamento de Cirurgia da Universidade Federal do Ceará (UFC)
Cesar Portugal Prado Martins, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Acadêmico de Medicina, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Publicado
2016-06-30
Seção
RELATOS DE CASO