Anterior transperitoneal laparoscopic gonadectomy in a patient with complete androgen insensitivity syndrome (CAIS): case report and surgical technique

  • Kathiane Lustosa Augusto Maternidade Escola Assis Chateaubriand (UFC), Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Thaís Fontes de Magalhães Universidade Federal do Ceará (UFC) http://orcid.org/0000-0003-4148-2571
  • Letícia Matoso Freire Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Flora Cruz de Almeida Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Leonardo Robson Pinheiro Sobreira Bezerra Universidade Federal do Ceará (UFC)
Palavras-chave: Laparoscopy. Androgens. Urogenital system.

Resumo

Introdução: a síndrome de insensibilidade aos andrógenos completa resulta de uma mutação ligada ao X que causa fenótipo feminino, mesmo com a vigência de níveis de andrógenos séricos anormais. Pacientes tem um cariótipo 46,XY, genitália externa feminina, testículos ectópicos e ausência de vestígios do ducto de Müller. Relato de Caso: apresentamos aqui o caso clínico e procedimento cirúrgico de uma paciente de 28 anos que se submeteu à gonadectomia laparoscópica para evitar o desenvolvimento de neoplasias testiculares malignas. Conclusão: a laparoscopia permite a remoção gonadal com as vantagens relacionadas aos procedimentos minimamente invasivos.

Biografia do Autor

Kathiane Lustosa Augusto, Maternidade Escola Assis Chateaubriand (UFC), Universidade Federal do Ceará (UFC)
Médica, Mestre em Cirurgia, Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC), Universidade Federal do Ceará (UFC)
Thaís Fontes de Magalhães, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Médica, Pós-Graduanda do Departamento de Cirurgia, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Letícia Matoso Freire, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Acadêmica de Medicina, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Flora Cruz de Almeida, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Acadêmica de Medicina, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Leonardo Robson Pinheiro Sobreira Bezerra, Universidade Federal do Ceará (UFC)
Professor do Magistério Superior, Adjunto-A da Universidade Federal do Ceará,40h, Departamento de Saúde Materno-infanti (2014)l. Professor da Pós Graduação em Cirurgia da Universidade Federal do Ceará. Atualmente é Supervisor da Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia da Maternidade Escola Assis Chateubriand da UFC. Ocupa o cargo junto à Gerência de Atenção à Saúde, do Hospital, Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, da Universidade Federal do Ceará, filial da Ebserh. Foi membro da Comissão de Ensino e Avaliação da FEBRASGO-AMB. Possui Doutorado em Ciências da saúde (Ginecologia) (2006) e Mestrado em Ciências da saúde (2002) ambos pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo com área de concentração em Uroginecologia e Cirurgia Vaginal. Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (1995) e Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Universidade Federal do Ceará (1999). Título de especialista em Ginecologia e Obstetrícia TEGO (1999) e Certificado de Atuação em Urodinâmica e Uretrocistoscopia (2001). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Ginecologia e Obstetrícia, atuando em Uroginecologia e disfunção do assoalho pélvico, Laparoscopia Ginecológica, Cirurgia Vaginal, Endometriose, Prolapso geital, incontinência urinária feminina, urodinâmica feminina.
Publicado
2017-12-04
Seção
RELATOS DE CASO