DO IMPRESSO AO DIGITAL:UMA ANÁLISE RETÓRICO-INTERACIONISTA DO GÊNERO ABAIXO ASSINADO

  • Bárbara Olímpia Ramos de Melo Universidade Estadual do Piauí
  • Letícia Queiroz Pereira Universidade Estadual do Piauí

Resumo

Este artigo objetiva analisar as correlações entre integridade e versatilidade genérica com a mudançado suporte impresso para o digital. Para tanto, tem-se como corpus oito abaixo-assinadoscoletados em sindicatos de Teresina-PI e sites. Portanto, a metodologia possui pesquisa de campo,com base, sobretudo, em Marcuschi (2002; 2003; 2008), Alves Filho (2011) e Bakhtin (1997).O resultado da análise mostra que a integridade do gênero não foi comprometida porque houveo uso da estrutura-base nos textos; e a funcionalidade do gênero parece não ter sido influenciadacrucialmente pela mudança de suporte, contudo, a investigação mais profunda da recepção doabaixo-assinado pode revelar o contrário. Por tudo isso, acredita-se contribuir nos estudos sobreo tema, confirmando a necessidade de mais pesquisas.

Palavras-chave: Abaixo-assinado; Suporte; Digital.

ABSTRACT

This article aims to analyze the correlations between integrity and general versatility with the changeof the hard copy to digital. For both, has as corpus petitions collected in eight unions Teresina-PIand websites. Therefore, the methodology has field research, based mainly on Marcuschi (2002,2003, 2008), Alves Filho (2011) and Bakhtin (1997). The analysis result shows that the integrity ofthe genre was not compromised because there was the use of structure-based in the texts; and thefunctionality of the genre seems to have not been crucially influenced by the change of support,however, a deeper investigation of the reception of the undersigned may prove otherwise. For allthat, it is believed to contribute to studies on the subject, confirming the need for more research.

Keywords: The undersigned; Support; Digital.

Como Citar
MELO, B. O. R. DE; PEREIRA, L. Q. DO IMPRESSO AO DIGITAL:UMA ANÁLISE RETÓRICO-INTERACIONISTA DO GÊNERO ABAIXO ASSINADO. Revista de Letras, v. 1, n. 33, 11.