NOMEAR E (RE)CATEGORIZAR: O PAPEL DO NOME PRÓPRIO NA REFERENCIAÇÃO / Designating and (re) catergorizing: the function of the proper name in referenciation

  • Lívia Maria Turra Bassetto

Resumo

RESUMO

Na perspectiva teórica da Linguística Textual de linha sócio-cognitivo-interacionista, a referenciação é vista como processo de construção referencial dada no interior do discurso e, portanto, o referente é considerado como objeto-de-discurso, sem relação especular com o objeto-de-mundo. Assim, a                (re)construção do referente se dá discursivamente a partir da interação verbal em função dos propósitos comunicativos dos interlocutores. Para a construção sociocultural e interativa do referente, os trabalhos realizados na área têm destacado as estratégias de referenciação e suas funções discursivas, porém pouco se tem discutido sobre o emprego de nomes próprios. Partindo da ideia de que o nome próprio assume papel importante na (re)construção referencial, este trabalho, fruto da tese de doutorado (BASSETTO, 2015), propõe-se a apresentar o funcionamento de nomes próprios, empregados em diferentes contextos de interação verbal, como estratégia de construção referencial, considerando-os não apenas com função designativa, mas também atributiva. Desse modo, defende-se a relevância do nome próprio na (re)categorização referencial e, para demonstrar esse ponto de vista, foram selecionados alguns fragmentos de textos jornalísticos, evidenciando algumas particularidades dos usos de nomes próprios nessas situações discursivas. Com o trabalho, ressalta-se a necessidade de que os nomes próprios sejam considerados em análises realizadas pelo viés da Referenciação. Palavras-chave: Referenciação; nome próprio; (re)categorização.

ABSTRACT

On the theoretical perspective of Textual Linguistics of socio-cognitive-interactionist base line, the referenciation is seen as a process of referential construction that occurs in the discourse and, therefore, the referent has been considered “object of discourse”, without specular relation with the “object-of-world”. So, its construction occurs discursively whereof the verbal interaction in the function of the verbal interlocutors’ communicative purposes. To the social-cultural and interactive construction of referent, the studies realized on this area have emphasize the strategies of referenciation and its discursive functions, but they have discussed so little about the use of proper names. Considering that the proper name assumes important function on the referential (re)construction, this work, fruit of the thesis of doctorate degree (BASSETTO, 2015), aims to present the functioning of proper names used in different contexts of verbal interaction, as strategies of referential construction, not only with designative function, but also attributive one. Therefore, this work defends the relevance of proper name on the referential (re)categorization and, to demonstrate this point of view, some fragments of journalistic texts are selected, emphasizing some particularities of the use of proper names in these discursive situations. So, this work evidences the necessity of considering the proper names in analysis realized by the perspective of Referenciation. Keywords: Referenciation; proper names; (re)categorization.

Biografia do Autor

Lívia Maria Turra Bassetto
Doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/Ibilce) e professora da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA)
Como Citar
BASSETTO, L. M. T. NOMEAR E (RE)CATEGORIZAR: O PAPEL DO NOME PRÓPRIO NA REFERENCIAÇÃO / Designating and (re) catergorizing: the function of the proper name in referenciation. Revista de Letras, v. 2, n. 34, 11.