A INTERTEXTUALIDADE DO ENEM / The intertextuality in Enem

  • Cícera Alves Agostinho de Sá
  • Verônica Maria de Araújo Pontes

Resumo

RESUMO

O Exame Nacional do Ensino Médio contempla a intertextualidade, através da competência 7 e da habilidade 22, que abordam a relação entre diferentes textos. Portanto, objetivamos analisar a presença de itens que exploram a relação dialógica entre os textos, nas provas aplicadas entre 2009 e 2014. Adotamos os postulados de Bakhtin (2012), Koch e Travaglia (2008) e Braith (2006), além de situarmos a intertextualidade no contexto de proposição legal adotado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394/1996, Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, que servem como orientações legais para elaboração e aplicação das questões que tratam dessa relação no ENEM. Realizamos levantamento de base qualitativa, com apoio quantitativo, analisando o número de questões, bem como a forma de explorá-las e a proposta de Redação. Esse levantamento evidencia a ocorrência, bem como as estratégias de abordagem da intertextualidade no ENEM no contexto das questões objetivas de Língua Portuguesa, na Proposta de Redação e ainda em questões que exploram a relação entre textos em outras áreas do conhecimento. Portanto, esta pesquisa contribui para confirmar a importância de a relação entre textos ser explorada pelo docente de Língua Portuguesa e por professores que lecionam outras disciplinas da Base Nacional Comum, visto que essa diretriz é amplamente explorada em avaliações externas de relevância, a exemplo do ENEM. Palavras-chave: ocorrência; estratégias; intertextualidade; ENEM.

ABSTRACT

The National Secondary Education Examination includes intertextuality, through competence 7 and 22 ability, which address the relationship between different texts. Therefore, we aimed to assess the presence of items that explore the relationship of dialogue between the texts, the tests applied between 2009 and 2014. We adopted the postulates of Bakhtin (2012), Koch; Travaglia (2008) and Braith (2006), and situate the intertextuality in the context of a legal proposal adopted by the Law of Guidelines and Bases of National Education 9394/1996, National Curriculum Guidelines for Secondary Education and the National Curriculum Guidelines for Secondary Education, serving as legal guidelines for development and implementation of issues that address this relationship in the ENEM. Conducted survey of qualitative basis with quantitative support, analyzing the number of issues, as well as how to exploit them and the proposed writing. This survey highlights the occurrence, as well as intertextuality strategies to address the ENEM in the context of objective questions of Portuguese Language in Proposal Writing, and issues that explore the relationship between texts in other fields of knowledge. Therefore, this research helps confirm the importance of the relationship between texts being explored by the teacher of English language and teachers who teach other disciplines of Common National Base, as this guideline is widely explored in external relevance ratings, such as the ENEM. Keywords: occurrence; strategies; intertextuality; ENEM.

Biografia do Autor

Cícera Alves Agostinho de Sá
Mestre em Letras, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, Pau dos Ferros, RN, Brasil.
Verônica Maria de Araújo Pontes
Doutora em Estudos da Criança, Universidade de Minho, Portugal, com revalidação como Doutora em Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte, pela Universidade de Campinas – UNICAMP, Campinas, SP, Brasil.
Como Citar
AGOSTINHO DE SÁ, C. A.; PONTES, V. M. DE A. A INTERTEXTUALIDADE DO ENEM / The intertextuality in Enem. Revista de Letras, v. 2, n. 34, 11.