APRESENTAÇÃO

Autores

  • Eulália Leurquin Universidade Federal do Ceará
  • Antónia Coutinho Universidade Nova de Lisboa
  • Dora Riestra Universidad Nacional de Rio Negro

Resumo

Discutir sobre a sala de aula de línguas, enquanto um espaço para o ensino e aprendizagem e para a formação de professor, permite-nos refletir sobre os saberes mobilizados pelos discentes e docentes no percurso de sua formação humana e profissional. Também por essa razão, pensar o contexto profissional permite-nos trazer para a discussão o papel e a eficácia dos dispositivos que utilizamos no processo de didatização dos saberes.

 

Neste espaço de interação didática, a sala de aula, está em jogo, pelo menos, três tipos de saberes necessários, isto é, saberes provenientes dos conhecimentos teóricos, adquiridos nas experiências formativas ou autoformativas; saberes que dão conta dos posicionamentos e orientações institucionais; e saberes didáticos que permitem ao professor ou futuro professor selecionar dispositivos para melhor interagir com os estudantes, visando a ampliar as suas capacidades de linguagem. Mas, também precisamos considerar as condições de trabalho do professor e posicionamentos implicados, as condições de aprendizagem dos estudantes. Em se tratando, especialmente  as condições de trabalho do professor, não se pode desconsiderar que 

para além dos saberes a ensinar, saberes para ensinar e saberes profissionais, a aprendizagem profissional precisa ter base uma educação libertadora que contribua para formar a consciência crítica dos professores e lhes estimular a participar de forma responsável nos processos culturais, sociais, políticos e econômicos. Por isso, devem, sobretudo, saber ler o mundo, sua realidade. (Leurquin, 2022)

Nesse contexto complexo e conflituoso que é a sala de aula, outra ação professoral se destaca, a seleção dos dispositivos didáticos, capazes de contribuir no enfrentamento de situações problemáticas de ensino e aprendizagem e de formação de professores autônomos, parece ser um dos maiores desafios atualmente.

Nesta edição especial da Revista de Letras, em homenagem ao professor Joaquim Dolz, reunimos artigos que discutem sobre o ensino e aprendizagem de línguas materna e estrangeiras no Brasil, na Suíça, no México e em Portugal, destacando questões relacionadas à produção oral e escrita e também à leitura, com foco em conceitos desenvolvidos por este estudioso e pela sua equipe de pesquisa. Em particular, os artigos ressaltam o dispositivo sequência didática, pelo papel que ele passou a ter nas salas de aulas da Educação Básicas, no Brasil, quer seja devido ao Programa Olimpíada de Língua Portuguesa ou ao Mestrado Profissional em Letras. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-12-31

Como Citar

LEURQUIN, Eulália; COUTINHO, Antónia; RIESTRA, Dora. APRESENTAÇÃO. Revista de Letras, [S. l.], v. 2, n. 41, 2022. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revletras/article/view/83193. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

EXPEDIENTE

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)