Foco e Escopo

A Revista Vazantes é uma publicação semestral vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Artes do Instituto de Cultura e Artes (ICA) da Universidade Federal do Ceará e seu escopo está relacionado a aspectos que tangenciam as poéticas da criação e do pensamento em artes.

O nome da revista sugere a ação de vazar, de sobrepor idéias e matérias, de ir além das fronteiras, misturando-as, tensionando-as, como uma maré vazante, a vazante de um rio ou a vazante da lua no quarto minguante. Aproximando o fazer artístico da ação de vazar, encaramos a arte como aquilo que escapa aos limites pré-definidos, aos enquadramentos e taxonomias pré-determinados, às formas e representações imutáveis e exteriores à própria experiência.

A revista portanto pensa e divulga a arte como um campo de forças que vaza delimitações duras e homogêneas. Arte como fuga, como escape, como resistência às tentativas de controle e aprisionamento do que é próprio ao vivo: sua turbulência, seu caos, seu fluxo, seu mistério invisível, suas lógicas absurdas e nômades, sua irrevogável pulsão criadora. A ação de vazar também evoca o significado da contaminação: o vazamento como propulsora de contágios e proliferações, movimento que está na base do desejo de diálogo entre os gêneros artísticos que dá sentido à linha editorial da revista. Temos como missão fomentar o desejo por uma arte não-fechada em si mesma, mas sim que vaze pelo mundo e pelo cotidiano, produzindo potentes possibilidades de escapar aos poderes e às formas dominantes.

Aceitamos submissões em forma de artigos acadêmicos, entrevistas, resenhas, traduções, ensaios e proposições poéticas, como ensaios visuais, escritas performativas, anotações de artistas etc.


Políticas de Seção
Artigos

A contribuição deve ser original e inédita, ou seja, os resultados da pesquisa não devem ter sido publicados anteriormente da mesma forma que está sendo submetida à Vazantes.

O arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.

URLs para as referências devem ser informadas quando possível, incluindo a data do último acesso.

O texto deve ser apresentado em espaço 1,5; fonte de 12-pontos; empregar itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas devem estar inseridas no texto e não no final do documento. Não apresentar anexos ao texto.

Os artigos completos devem ter entre 25.000 e 62.000 caracteres (incluindo espaços). Todos os artigos devem vir acompanhados de RESUMO de até 10 linhas e de elenco de palavras-chave, ambos em português e inglês.

Notas de rodapé e referências bibliográficas devem obedecer a padrões acadêmicos de citação bibliográfica. Quando o autor citado integrar o texto, usar o formato: Autor (ano, p.). Em caso de citação ao final dos parágrafos, usar o formato: (SOBRENOME DO AUTOR, ano, p.). Diferentes títulos do mesmo autor publicados no mesmo ano serão identificados por uma letra após a data (MARX, 1990a), (MARX, 1990b). As referências bibliográficas completas devem ser informadas apenas no final do texto, em ordem alfabética, de acordo com as normas da ABNT (NBR-6023/2000):

SOBRENOME, Nome. Título do livro em negrito: subtítulo. Tradução. Edição, Cidade: Editora, ano.

SOBRENOME, Nome. Título do capítulo ou parte do livro. In: SOBRENOME, Nome do organizador (Org.). Título do livro em negrito. Tradução, edição, Cidade: Editora, ano, p. X-Y.

SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Título do periódico em negrito. Cidade: Editora, vol., fascículo, p. X-Y, mês, ano.

Caso os artigos incluam fotos, desenhos ou materiais gráficos da autoria de terceiros, é indispensável carta de autorização. O material deverá vir acompanhado de legendas de identificação. O material gráfico, em formato JPG e com resolução de 300 dpi, tamanho de 725X500 pixels.

As notas devem ser colocadas no rodapé e as referências no final do texto.

As citações de até três linhas devem vir entre aspas e no corpo do texto. As citações com mais de três linhas devem vir destacadas em corpo 10, espaço simples, sem aspas e com recuo de 4 cm. As intervenções feitas nas citações (introdução de termos e explicações) devem ser colocadas entre colchetes. As omissões de trechos da citação devem ser marcadas por reticências entre parênteses.

Termos em idiomas diferentes do idioma do texto devem ser grafados em itálico.

Os trabalhos enviados serão submetidos ao Conselho Editorial da Revista Vazantes e/ou a pareceristas externos (cuja avaliação é sigilosa), podendo ser aceitos, recusados, ou devolvidos com sugestões aos autores, que poderão reapresentá-los.


Traduções

Serão aceitas traduções de textos de língua estrangeira para a língua portuguesa, devidamente acompanhadas de autorização do detentor dos direitos do texto original. Devem seguir as normas de submissão dos artigos.

Dossiê

Esta seção é composta por artigos inéditos, de relevância à área temática da revista e do referido dossiê, cujo tema poderá ser proposto por qualquer membro da Editoria, Conselho de Pareceristas, pesquisadores interessados, devidamente justificado e relacionado à área de concentração do programa ao qual a revista está vinculada.

Entrevistas

Esta seção é composta de entrevistas com pesquisadores/artistas e obedecem à forma pergunta-resposta. Devem apresentar título/title; resumo/abstract e palavras-chave/keywords e seguir as demais normas de submissão dos artigos.

Proposições Poéticas

Esta seção é composta por ensaios visuais, escritas performativas, anotações de artistas, intervenções visuais, memoriais de processo de criação, relatos de experiência, entre outros.

ENSAIOS VISUAIS

Os ensaios visuais devem decorrer de pesquisas artísticas consolidadas. Devem compreender imagens, preferencialmente coloridas, com resolução de 300 dpi, salvas em jpeg ou tiff.

Caso a proposição não seja inédita, o autor deve indicar se é detentor dos direitos autorais, em que circunstâncias foi publicado anteriormente e se o conteúdo sofreu alguma modificação.

ESCRITAS PERFORMATIVAS

Escrita experimental de artistas e/ou pesquisadores brasileiros e internacionais.

ANOTAÇÕES DE ARTISTAS

Escritas relacionadas à registros de processos criativos e investigações experimentais do pensamento e da composição; diagramas; poemas; proposições gráficas, entre outros.
INTERVENÇÕES VISUAIS

Intervenções visuais de artistas convidados pelos editores. As intervenções devem ser especialmente pensadas a partir da especificidade de cada volume da revista Vazantes.

MEMORIAIS DE PROCESSOS DE CRIAÇÃO

Escritas relacionadas aos percursos dos processos de criação e do pensamento em artes.
RELATOS DE EXPERIÊNCIA

Escritas relacionadas à relatos de investigações baseadas em experiências de artistas e/ou pesquisadores.

Ensaios

Esta seção é composta por textos de caráter crítico marcados por uma estilística pessoal. Não precisam apresentar resumo/abstract e palavras-chave/keywords.

Manifestos

Esta seção é composta por textos que consistem em uma declaração persuasiva e pública de opniões, princípios e intenções com o intuito de fazer uma denúncia, alertar um problema ou convocar a comunidade para uma ação. A escrita deve apresentar caráter argumentativo que identifique e analise um problema, devendo ainda, apresentar supostas soluções. Devem apresentar título/title; resumo/abstract e palavras-chave/keywords.

Resenhas

Esta seção é composta por análises críticas de obras publicadas que ampliem ou contribuam para os estudos da área de artes. As resenhas seguem as normas dos artigos devendo, portanto, apresentar resumo/abstract, palavras-chave/keywords e a versão do título em inglês.


Processo de Avaliação pelos Pares

A Vazantes adota a avaliação cega por pares em sistema de pareceria ad hoc com colaboração de professores-pesquisadores conceituados de universidades brasileiras e estrangeiras, o que garante, ao um só tempo, rigor e transparência nos critérios de avaliação.

Após prévia avaliação dos Editores, os artigos são submetidos aos pareceristas ad hoc, que podem aceitar, recusar ou sugerir alterações ao autor.


Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Periodicidade

Publicação semestral (a partir de 2017)