O conceito de mar(ia-sem-ver)gonha e a fuleragem/performance Mogno e Mais do Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos

  • Bia Medeiros
  • AllA Soub

Resumo

O presente texto trata do conceito de mar(ia-sem-ver)gonha, desenvolvido a partir dos conceitos de árvore e rizoma de Deleuze e Guattari, pelo Grupo de pesquisa Corpos Informáticos, e se abre sobre a fuleragem/performance iterativa Mogno e Mais do mesmo grupo. Ele afirma que somos todos meio árvore, meio rizoma, meio Maria, meio sem vergonha e convida para o sensível.

Publicado
2019-02-02