OCUPROBARÃO: revirando o arquivo colonial e transtornando suas fantasias

  • Kaciano Gadelha

Resumo

Resenha-ensaio da programação “Ocuprobarão”, promovida pela Escola Pública de Audiovisual Vila das Artes, na Casa do Barão de Camocim, em Fortaleza. As performances de Edilson Militão e Pêdra Costa são lidas a partir de um enquadramento necropolítico que considera a permanência de fantasmas e fantasias coloniais no controle sobre os corpos dissidentes no Brasil.

Publicado
2019-02-02