[Artigo] Das invisibilidades metafóricas, poéticas e reais

  • Lucas Bambozzi FAU USP

Resumo

O artigo é um devaneio acerca da noção de invisibilidade e evoca as possibilidades latentes de abordar exemplos do que escapa à visão. Tem um caráter especulativo, em torno da recorrência do tema na arte e nos dias de hoje. O texto é mais fragmentado e seu estilo remete ao que poderia ser um prólogo, uma quase-apresentação se esta pudesse ser uma livre enumeração de ideias. É um pedido de licença com relação às exigências de aprofundamento em referências, pois opta como recurso o de favorecer a fluidez do texto. Ao mesmo tempo, busca apontar os pilares da estrutura dos capítulos e os textos que dão base aos estudos posteriores apresentados na tese. A intenção é caracterizá-lo com um sentido panorâmico, de alargamento da visão, e não com o compromisso descritivo do conjunto da tese. As referências de apoio são intencionalmente heterogêneas, sendo as principais: Clément Rosset (2014), Philippe Dubois (1993), Hannah Arendt (1991), Michel Foucault (1986), Cauquelain (2006), Vilém Flusser (2011), Bachelard (1989) e uma série de outras alusões, algumas imersas no imaginário popular.

 
Publicado
2019-12-20
Como Citar
Bambozzi, L. (2019). [Artigo] Das invisibilidades metafóricas, poéticas e reais. Revista Vazantes, 3(2), 28-33. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/vazantes/article/view/42408