EVIDENCE OF A FAILED PREDATION ATTEMPT ON A GUIANA DOLPHIN, Sotalia guianensis, BY A BULL SHARK, Carcharhinus leucas, IN BRAZILIAN WATERS

  • Marcos César de Oliveira Santos Projeto Atlantis, Laboratório de Biologia da Conservação de Cetáceos, Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rio Claro, SP
  • Otto Bismarck Fazzano Gadig Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus Experimental do Litoral Paulista, São Vicente, SP. Bolsista de Produtividade do CNPq
Palavras-chave: Carcharhinus leucas, Sotalia guianensis, interações tubarão-cetáceo, lesões por tubarão.

Resumo

Ainda que a interação entre cetáceos e tubarões seja tema de muitos estudos, vários aspectos ecológicos desses eventos, tais como competição, risco de predação e co-evolução, ainda são obscuros. Em fevereiro de 2008, durante um estudo populacional por fotoidentifi cação de boto tucuxi, Sotalia guianensis, em área estuarina do Paraná (25o S; 48o W), um exemplar adulto foi fotografado sem sua nadadeira dorsal. A análise detalhada mostrou que o ferimento circular de formato crescente foi provocado pela mordida de um tubarão-cabeça-chata, Carcharhinus leucas. Padrão e forma da lesão, padrão de distribuição de presa e predador (simpatria) e hábitos alimentares da espécie de tubarão aqui considerada foram os fatores que levaram à identifi cação do cabeça-chata como agressor. A lesão parece ser resultante de uma tentativa mal suscedida de predação por parte do tubarão. Interações entre C. leucas and S. guianensis devem ser esperadas, uma vez que ambas espécies são simpátricas ao longo de praticamente toda sua área de distribuição no Atlântico ocidental tropical e subtropical. O presente trabalho adiciona S. guianensis à lista de cetáceos predados por grandes tubarões costeiros predadores.
Publicado
2009-12-01
Seção
Notas Científicas