Projeto Comprova

informação, ética e responsabilidade social na sociedade em rede

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36517/2525-3468.ip.v7i00.2022.60603.1-15

Palavras-chave:

Ética. Responsabilidade social. Ciência da Informação. Sociedade em rede. Projeto Comprova.

Resumo

Utilizando-se de características sociopolíticas e econômicas da sociedade em rede proposta por Castells (1999), este artigo tem como objetivo refletir sobre a importância da responsabilidade social e da ética, no tocante à produção e disseminação da informação através das tecnologias de informação e comunicação. As reflexões aqui apresentadas emanam de estudos e discussões sobre informação enquanto elemento constituinte de emancipação da sociedade. Deste modo, foi escrito um debate acerca das possibilidades de ação da Ciência da Informação, em meio às enxurradas de fake news que inundaram as redes nas eleições brasileiras de 2018, tendo o Projeto Comprova como modelo de ética e responsabilidade social a ser seguido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mayte Luanna Dias de Melo, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba, Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Especialista em Desenvolvimento e Meio Ambiente pelo Centro Universitário de João Pessoa. Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Estadual da Paraíba. Graduanda em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Alagoas. Colaboradora do Programa de Atividades Interdisciplinares da Universidade Federal de Alagoas.Tem experiência na área de Informação em Saúde, com ênfase em Telessaúde. Atua nos campos da Ciência da Informação, com ênfase nos Fundamentos Teóricos, Programas de Pesquisa e Programas disciplinares.

Sérgio Rodrigues de Santana, Universidade Federal da Paraíba

Doutorando em Ciência da Informação e Mestre em Ciência da Informação, ambos pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFPB). Tem licenciatura em Psicologia e formação de Psicólogo (CRP 13/7901) ambos pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Desenvolveu atividades nos programas PIVIC, PIBIC, PIBIT, PROLICEN e MONITORIA (História da Psi).Como Designer Gráfico desenvolve trabalhos voltados ao contexto cientifico, como logomarcas, capas de livros, posters, folders, certificados entre outros. Atualmente é membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Informação, Educação e Relações Étnico-raciais (NEPIERE/GEINCOS-CCSA/UFPB). Foi bolsista do Núcleo de Pesquisa e Estudos sobre o Desenvolvimento da Infância e Adolescência (NUPEDIA-UFPB/CCHL) entre 2009/2012. Tem experiência em estudos epistemológicos no foco a informação (construção do conhecimento) tendo como vetores epistêmicos as Tecnologias de Informação e Comunicação - (TIC); Psicanálise, Psicologia e cognição; população LGBTQIA+ e população negra.

Referências

ARAÚJO, C.A.Á. O que é Ciência da Informação. Belo Horizonte: KMA, 2018.

ARAÚJO, C.A.Á. Políticas de informação em Bibliotecas, Arquivos e Museus. In: GARCIA, J.C.R.; TARGINO, M. G. (Orgs.). Desvendando facetas da gestão e políticas de informação. João Pessoa: Editora da UFPB, 2015, p. 353-377.

BAUMAN, Z. A riqueza de poucos beneficia todos nós? Rio de Janeiro: Zahar, 2015.

BOURDIEU, P. Razões práticas: sobre a teoria da ação. Campinas: Papirus, 1996.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

GARCIA, J.C.R; TARGINO, M.G; DANTAS, E.R.F. Conceito de responsabilidade social da ciência da informação. Inf. Inf., Londrina, v. 17, n. 1, p.1 - 25, jan./jun. 2012. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/12309/11372. Acesso em: 28 de Dezembro de 2018.

GONÇAL MAYOS, A. et al (Orgs.). La sociedade de la ignorancia. Barcelona: Península, 2011.

MATTELART, A. História da sociedade da informação. São Paulo: Loyola, 2002.

MOBILE ECOSYSTEM FORUM (MEF). Disponível em: https://mobileecosystemforum.com/. Acesso em: 6 de Janeiro de 2019.

PORTELA, C. Jornalismo Científico e democratização da informação. In: GARCIA, J.C.R.; TARGINO, M. G. (org.). Desvendando facetas da gestão e políticas de informação. João Pessoa: Editora da UFPB, 2015, p. 253-286.

PROJETO COMPROVA. Disponível em: https://projetocomprova.com.br/. Acesso em: 20 de Dezembro de 2018.

SORJ, B. Brasil@povo.com: a luta contra a desigualdade na sociedade da informação. Rio de Janeiro: Zahar; Brasília: Unesco, 2003.

SOUZA, E.D. Gestão da informação e do conhecimento: Possibilidades, condições e perspectivas. In: GARCIA, J.C.R.; TARGINO, M. G. (og.). Desvendando facetas da gestão e políticas de informação. João Pessoa: Editora da UFPB, 2015, p. 29-56.

TAYLOR, R. S. The information sciences. Library Journal, v. 88, p.4161-4162, 1963.

Downloads

Publicado

2022-12-29

Como Citar

MELO, Mayte Luanna Dias de; SANTANA, Sérgio Rodrigues de. Projeto Comprova: informação, ética e responsabilidade social na sociedade em rede . Informação em Pauta, [S. l.], v. 7, n. 00, p. 1–15, 2022. DOI: 10.36517/2525-3468.ip.v7i00.2022.60603.1-15. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/informacaoempauta/article/view/60603. Acesso em: 20 abr. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)