Júri simulado na disciplina de Atenção Farmacêutica em aula remota em tempos de pandemia

relato de experiência

Palavras-chave: Educação em Farmácia, Educação Superior, Metodologia

Resumo

Introdução: as diretrizes do curso de Farmácia requerem um perfil de múltiplo conhecimento dos profissionais. Com o advento da pandemia de Covid-19 e a adaptação do ensino de forma remota, surge a necessidade de metodologias ativas como alternativas pedagógicas que permitam fomentar o interesse dos discentes, relacionando conhecimento reflexivo e crítico. Método: refere-se a um relato de experiência de um júri simulado, do tipo descritivo, com abordagem qualitativa. A construção da atividade ocorreu utilizando metodologia ativa em aula remota síncrona no Google Meet, englobando uma proposta educativa no estudo de caso clínico na disciplina de Atenção Farmacêutica do curso de Farmácia da Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró - Rio Grande do Norte. Resultados: a dinâmica permitiu a substituição de forma positiva das aulas presenciais, através da participação de 49 estudantes e 02 professores, agregando uso de tecnologias e a troca de experiências. Conclusão: conclui-se que o júri simulado em formato virtual demonstra-se como uma ferramenta valiosa para os cursos da saúde, possibilitando a interação dos alunos, além de aplicação dos conhecimentos básicos e desenvolvimento de habilidade necessárias para a prática farmacêutica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danillo Alencar Roseno, Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde e Sociedade pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN); Pós-Graduado em Análises Clínicas pela Faculdade Santa Maria (FSM); Graduado em Bacharelado em Farmácia pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no Centro de Educação e Saúde, Campus Cuité/PB. Atualmente, é docente do Curso de Farmácia da Faculdade Nova Esperança de Mossoró-RN (FACENE/RN), ministrando as disciplinas de Tecnologia Farmacêutica, Atenção Farmacêutica e Farmácia Hospitalar. 

Referências

Ministério da Educação (Brasil). Resolução CNE/CES nº6 de 19 de outubro de 2017. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia e dá outras providências [resolução da internet]. Diário Oficial da União 20 out 2017 [acesso em 13 jun 2020]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/outubro-2017-pdf/74371-rces006-17-pdf/file

Jabbur-Lopes MO, Mesquita AR, Silva LMA, De Almeida Neto A, Lyra DP. Virtual patients in pharmacy education. American Journal of Pharmaceutical Education. 2012,76(5):92. https://doi.org/10.5688/ajpe76592.

Ministério da Educação (Brasil). Portaria GM/MEC nº 544, de 16 de junho de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020 [portaria da internet]. Diário Oficial da União 16 jun 2020 [acesso em 01 jul 2020]. Disponível em:http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-544-de-16-de-junho-de-2020-261924872

World Health Organization. WHO Director-General's opening remarks at the media briefing on COVID-19 - 11 March 2020 [Internet]. Geneva: World Health Organization; 2020 [acesso 25 jun 2020]. Disponível em: https://www.who.int/dg/speeches/detail/who-director-general-s-opening-remarks-at-the-media-briefing-on-covid-19---11-march-2020

Real LMC, Menezes CS. Júri simulado: possibilidade de construção de conhecimento a partir de interações em grupo. In: Educação NA. Aprendizagem em rede na Educação a Distância: estudos e recursos para formação de professores. Porto Alegre: Ricardo Lenz; 2007.

Kurilovas E, Kubilinskiene S. Lithuanian case study on evaluating suitability, acceptance and use of IT tools by students–An example of applying Technology Enhanced Learning Research methods in Higher Education. Computers in Human Behavior. 2020,107: 106274. https://doi.org/10.1016/j.chb.2020.106274

Bovo F, Wisniewski P, Morskei MLM. Atenção Farmacêutica: papel do farmacêutico na promoção da saúde. Biosaúde. 2016;11(1):43-56.

Organização Pan-Americana da Saúde. (2002). Consenso brasileiro de atenção farmacêutica: proposta.

Souza TT, Silva WB, Mesquita AR. Curso online: prescrição farmacêutica no manejo de problemas de saúde: Habilidades comunicativas do farmacêutico. Modulo 2. Unidade 2. Conselho Federal de Farmácia; 2015 [acesso em 23 jun 2020]. Disponível em: https://www.cff.org.br/userfiles/Apostila_1.pdf

Cipolle R, Strand L, Morley P. Pharmaceutical Care Practice: The patient centered approach to medication management. New York: McGraw-Hill; 2012. 3rd. ed.

Gossenheimer AN, Castro MS, Carneiro MLF. Dinâmica de grupo “júri simulado virtual” em disciplina do curso de farmácia. RENOTE-Revista Novas Tecnologias na Educação. 2014;12:10. https://doi.org/10.22456/1679-1916.50277

Guedes-Granzotti RB, Silva K, Dornelas R, Domenis DR. Metodologias Ativas e as Práticas de Ensino na Comunidade: sua importância na formação do Fonoaudiólogo. Distúrbios da Comunicação. 2015[acesso 06 jun 2020]; 27(2). Disponível em: http://ken.pucsp.br/dic/article/view/20026/16993

Vermelho SC, Velho APM, Bonkovoski A, Pirola A. Refletindo sobre as redes sociais digitais. Educ. Soc. 2014 [acesso 25 jul 2020] 35(126):179-196. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0101-73302014000100011.

Publicado
2021-05-07