A IMAGEM DO ÍNDIO BRASILEIRO NA CRÔNICA DE VIAGEM DO QUINHENTISMO

Autores

  • Luiz Carlos Fernandes

Resumo

Procura-se demonstrar, nesta análise do Tratado Descritivo, de Gabriel Soares de Sousa, que, embora o índio brasileiro represente um dos principais objetos de referência do discurso quinhentista, o fazer enunciativo do cronista na composição de sua figura revela uma estratégia discursiva que, na verdade, visa o ofuscamento desse seu “outro”. Com base nas propostas da Análise francesa do discurso, estudam-se os usos de determinadas formas verbais e construções sintático-discursivas que contam para a compreensão e assimilação da natureza e comportamentos inéditos do homem do Novo Mundo pela formação discursiva do quinhentismo português.

Palavras-chave: quinhentismo, discurso, enunciação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

FERNANDES, Luiz Carlos. A IMAGEM DO ÍNDIO BRASILEIRO NA CRÔNICA DE VIAGEM DO QUINHENTISMO. Revista de Letras, [S. l.], v. 1, n. 23, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revletras/article/view/2187. Acesso em: 16 jun. 2024.