TRANSGREDINDO A NORMA: UM ESTUDO COMPARATIVO DE “PERDIDO NO TÚNEL DO TERROR” DE JOHN BARTH, “ANOTAÇÕES SOBRE MACEDONIO NUM DIÁRIO”, DE RICARDO PIGLIA E “TEMA DEL TRAIDOR Y DEL HÉROE”, DE JORGE LUIS BORGES

Autores

  • Jane Brodbeck

Resumo

O presente ensaio trata da questão da transgressão da parte de autores contemporâneos em relação às normas rígidas dos gêneros literários ainda presentes na análise e interpretação da obra literária. Com o advento de novas escrituras, evidencia-se uma gradativa exaustão das obras fechadas, havendo uma tendência cada vez mais forte para uma superposição de gêneros onde um ensaio e um poema se confundem, e o romance apresenta características de uma narrativa narcísica.Para ilustrar o presente artigo, procurou-se na obra de três autores contemporâneos narrativas que evidenciassem esta tendência tais como John Barth, Jorge Luis Borges e Ricardo Piglia. Os contos selecionados apresentam uma ironia sutil que exigem do leitor uma nova postura diante do texto literário, onde o fazer literá- rio confunde-se com o jogo. Desta forma, os personagens das três narrativas apresentam uma ambigüidade que perpassa o texto, oferecendo ao leitor múltiplas leituras. Palavras chaves: transgressão, narrativa narcísica,

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BRODBECK, Jane. TRANSGREDINDO A NORMA: UM ESTUDO COMPARATIVO DE “PERDIDO NO TÚNEL DO TERROR” DE JOHN BARTH, “ANOTAÇÕES SOBRE MACEDONIO NUM DIÁRIO”, DE RICARDO PIGLIA E “TEMA DEL TRAIDOR Y DEL HÉROE”, DE JORGE LUIS BORGES. Revista de Letras, [S. l.], v. 1, n. 24, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revletras/article/view/2228. Acesso em: 15 abr. 2024.