Portal de Periódicos da UFC


A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z Toda(o)s

Boletim Técnico do Portal de Periódicos da UFC

O objetivo deste boletim técnico é disponibilizar e publicizar o desempenho das revistas hospedadas no Portal, tendo-se como finalidade, o apoio às revistas. Também permitem ao leitor, autores e revisores, conhecerem um pouco mais sobre as revistas ao terem acesso a este tipo de dados.

Ameríndia - História, cultura e outros combates.

A Revista Ameríndia - História, Cultura e Outros Combates é um periódico do Departamento de História da Universidade Federal do Ceará, criado em 2006 pelo professor Gerson Galo Ledezma com o intuito de difundir estudos a respeito da História da América em suas diferentes temporalidades. A Revista publica artigos e resenhas sobre História e áreas afins.

Argumentos

Revista Semestral do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Ceará.

Arquivos de Ciências do Mar

A revista constitui o meio de comunicação científico do Instituto de Ciências do Mar (LABOMAR) - UFC. Sua distribuição, que abrange cerca de 200 instituições nacionais e estrangeiras, é gratuita, sendo este intercâmbio a principal fonte alimentadora do acervo da Biblioteca Setorial do LABOMAR.

Revista de Ciências Sociais

A Revista de Ciências Sociais (RCS) da UFC é a segunda revista mais antiga da área ainda em publicação. A Revista publica, desde 1970, contribuições empíricas e teóricas em Antropologia, Sociologia e Ciência Política em suas variadas vertentes e subdivisões.

Contextus – Revista Contemporânea de Economia e Gestão

Revista quadrimenstral nas áreas de Economia, Administração, Contábeis e afins. Publica artigos inéditos em português, inglês e espanhol.

Dialectus

A Revista Dialectus (ISSN 2317-2010) é o periódico científico vinculado ao Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira da Universidade Federal do Ceará - UFC. Com Qualis B3, nossa política editorial abrange estudos de pesquisadores doutores voltadas as áreas da filosofia teórica e prática, filosofia política e filosofia da educação.

Encontros Universitários da UFC

A Revista Encontros Universitário da UFC surge em resposta à necessidade de registrar, organizar e dar visibilidade aos textos produzidos como parte das atividades intelectuais que são desenvolvidas na UFC, e que eventualmente ficam restritos aos eventos nos quais eles são apresentados e que ocasionalmente se perdem com o tempo.

Entrelaces

Entrelaces é a revista do Programa de Pós-Graduação em Letras - PPGLetras, da Universidade Federal do Ceará (UFC). No intuito de fomentar e promover o debate crítico em torno dos estudos literários e dos campos disciplinares com que dialoga, a Revista publica, trimestralmente, em suas edições, artigos, ensaios, resenhas e traduções de doutores, mestres e alunos de pós-graduação e de graduação (estes últimos em coautoria com um professor-orientador) em alemão, espanhol, francês, italiano, inglês e português.

Por ano, são publicadas quatro edições, dois Dossiês (as Edições Abr.-Jun. e Out.-Dez. de cada ano) e duas de Temática Livre (as Edições Jan.-Mar. e Jul.-Set. de cada ano).

O periódico está organizado em duas seções permanentes, Dossiê e Estudos Literários, e outras quatro, Resenhas, TraduçãoEnsino e Criação, que são apresentadas em edições alternadas, conforme adequação da submissão à edição a que se destina. Além de uma seção extra, voltada a artistas visuais e ilustradores de um modo geral: Ilustração de Capa.

A seção DOSSIÊ recebe textos que estão de acordo com a temática específica do o dossiê de cada edição, a ser informada em chamadas divulgadas pela Revista em sua aba “Notícias”. São publicados dois Dossiês por ano: o primeiro na Edição referente ao trimestre Abr.-Jun. de cada ano, o segundo na Edição referente ao trimestre Out.-Dez. de cada ano.

A seção ESTUDOS LITERÁRIOS acolhe produções acadêmicas de temática livre, em fluxo contínuo, da área de Letras-Literatura. Esses textos são publicados em edições de Temática Livre, sendo duas a cada ano: a primeira Edição referente ao trimestre Jan.-Mar de cada ano, a segunda Edição referente ao trimestre Jul.-Set. de cada ano.

A seção RESENHAS publica resenhas descritivas ou críticas de publicações acadêmicas e literárias da área de Letras-Literatura. Esses textos podem ser publicados na edição da chamada em aberto no período da submissão ou em até duas edições posteriores, conforme decisão do Conselho Editorial da Revista, não sendo ultrapassado o período de um ano após a submissão.

A seção TRADUÇÃO publica traduções originais e inéditas de obras literárias ou textos críticos relevantes para a área de Letras. Esses textos podem ser publicados na edição da chamada em aberto no período da submissão ou em até duas edições posteriores, conforme decisão do Conselho Editorial da Revista, não sendo ultrapassado o período de um ano após a submissão.

A seção ENSINO  publica artigos e ensaios sobre o Ensino de Literatura (brasileira ou estrangeira) no Brasil ou em outros países. Esses textos podem ser publicados na edição da chamada em aberto no período da submissão ou em até duas edições posteriores, conforme decisão do Conselho Editorial da Revista, não sendo ultrapassado o período de um ano após a submissão.

A seção CRIAÇÃO abre espaço para textos curtos, em prosa ou em verso, selecionados pela Revista. Esses textos podem ser publicados na edição da chamada em aberto no período da submissão ou em edições posteriores, conforme decisão do Conselho Editorial da Revista.

Além das seções descritas acima, a Entrelaces ainda recebe propostas de ILUSTRAÇÃO DE CAPA. As propostas de ilustração podem ser feitas tanto para os Dossiês, com chamada específica divulgada em nossa aba “Notícias”, quanto para as Edições de Temática Livre, cujas propostas podem ser feitas a qualquer momento. A Decisão acerca da escolha da capa das Edições de Temática Livre fica a cargo do Conselho Editorial da Entrelaces; já a escolha das ilustrações das capas dos Dossiês fica a cargo dos organizadores em parceria com o Conselho Editorial da Revista. Não há limite de propostas e pede-se que sejam enviados arquivos em formato de imagem.

Extensão em Ação

A Revista Extensão em Ação é um periódico eletrônico da Pró-Reitoria de Extensão de caráter multidisciplinar cujo principal objetivo é difundir os estudos, pesquisas e artigos nas áreas temáticas de extensão universitária, quais sejam: comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, tecnologia e trabalho.

Geologia

A Revista de Geologia constitui um periódico indexado, editado em língua portuguesa, com ampla divulgação para mais de 230 bibliotecas de universidades públicas e privadas brasileiras, latino-americanas e européias, assim como para bibliotecas de órgãos públicos nacionais da área das Geociências.

Informação em Pauta

Informação em Pauta é um periódico científico eletrônico do Departamento de Ciências da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará (DECINF/PPGCI/UFC), disponível em Open Access.

Revista Dizer

Revista Dizer
A Revista Dizer é fruto de um exitoso projeto extensionista da Faculdade de Direito da UFC e tem como objetivo disseminar e incentivar as pesquisas jurídicas brasileiras. Tomando como premissa o seu escopo institucional, busca ampliar a experiência acadêmica, revelando-se um espaço de confluência do debate, da pesquisa pós-crítica e da atualização jurídica à luz de uma epistemologia dialógica.

Revista Labor

Vinculada ao programa de Pós-Graduação em Educação da UFC, busca fortalecer a produção e a socialização do saber científico, proporcionando espaço para amplo debate sobre o mundo do trabalho e sua relação com o campo educacional. Recebe, em fluxo contínuo, artigos científicos, entrevistas e resenhas sobre Educação, Economia Política, Ensino Profissionalizante, Sociologia, História, Serviço Social e outras áreas desde que alinhadas com o escopo teórico marxista e neomarxista.

Revista de Letras

A Revista de Letras é uma publicação conjunta dos Programas de Pós-Graduação em Letras, e em Linguística da UFC. Trabalhos de mestrandos ou doutorandos somente serão aceitos quando em coautoria com seu orientador. Esses trabalhos podem estar na forma de artigo,ensaio, debate, ou retrospectiva (estado da arte).

Revista de Medicina da UFC

Revista de Medicina da UFC

A Revista de Medicina da Universidade Federal do Ceará, criada em 1961 e circulando com nome atual desde 1973, é uma revista multidisciplinar e de acesso aberto, e tem como objetivo contribuir para a divulgação e o desenvolvimento da pesquisa científica da área médica e ciências afins. Após um período de interrupções temporárias, retoma suas atividades com total apoio da Gerência de Ensino e Pesquisa dos Hospitais Universitários na administração e manutenção desse periódico. No final de 2014, a revista é relançada com a publicação de uma edição especial com resumos de trabalhos de conclusão dos cursos de residências médicas. No ano de 2015 inicia as publicações com periodicidade semestral, em 2017 com periodicidade quadrimestral, e a partir de 2018 a periodicidade passa a ser trimestral. Aceita submissões de artigos originais, artigos de revisão, artigos de opinião, short communication, protocolos de conduta, relatos de casos, imagens médicas, cartas ao editor e resumos de dissertações e teses de pós-graduação e de trabalhos  de conclusão de curso de residência na área de saúde.

Nomos

Vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Ceará - PPGD. Tem como escopo a divulgação da produção científica vinculada aos eixos temáticos do PPGD. Atualmente é classificada como A1 do Qualis.

Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste - Rev Rene

A Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste - Rev Rene tem como missão publicar trabalhos originais e inéditos de autores brasileiros e de outros países, que contribuam para o conhecimento e o desenvolvimento da enfermagem e áreas afins. A Rev Rene está vinculada ao Departamento de Enfermagem da UFC e publica artigos nos idiomas Inglês e Português.

Passagens

A Revista Passagens é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFC. O objetivo do periódico é discutir o significado das práticas comunicativas tanto no campo profissional, quanto na pesquisa, a fim de promover e divulgar o conhecimento científico e técnico na área de Comunicação.

Revista de Psicologia

A Revista de Psicologia da Universidade Federal do Ceará foi fundada em 1983 em formato impresso e restaurada em 2010 em formato eletrônico, sob ISSN 2179-1740. Apresenta publicação semestral e tem interface com os programas de graduação e pós-graduação da Psicologia, estruturando-se em acordo com suas linhas de pesquisa.

Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais

A Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais - RESDITE (ISSN 2525-9563) é uma publicação de caráter científico, em formato eletrônico, com avaliação por pares, cujo objetivo principal é disseminar contribuições e novos conhecimentos oriundos das diversas aplicações das Tecnologias Digitais da Informação e das Comunicações (TDICs) na sua convergência com as áreas da Educação em Saúde e da Informática Biomédica.

Transversal

Transversal

Chamada para o v.4, n. 7 (2018)

A Transversal - Revista em Tradução publica artigos originais e inéditos que tratem da discussão sobre estudos da Tradução nas diferentes perspectivas teórico-metodológicas, bem como traduções de textos que sejam de domínio público. Todos os textos submetidos à revista serão avaliados pelo Conselho Editorial, e/ou por consultores ad hoc. ISSN 2446-8959. 

                       Libras (Língua Brasileira de Sinais) e os seguintes aspectos: Linguísticos, Pedagógicos e tradutórios 

A Transversal continua a receber propostas de artigos para apreciação, em fluxo contínuo. Nesta edição temática, estaremos recebendo artigos e resenhas de obras sobre os diversos estudos na Libras (Língua Brasileira de Sinais) focalizando os seguintes aspectos: Linguísticos, Pedagógicos e tradutórios.

 Período de submissão prorrogado: 01 de dezembro a 30 de março de 2018.


Chamada para o v.4, n. 8 (2018)

 Traduções literárias e teorias da tradução: diálogos e interfaces possíveis

Ao longo da história da humanidade, é possível observar a intensidade com que o ato de traduzir se revela importante no exato momento em que grupos culturais, fazendo uso de pelo menos duas línguas/culturas distintas, entram em contato e precisam estabelecer intercâmbios nos âmbitos econômico, político, administrativo, cultural etc. Ao ser realizado, o ato de traduzir normalmente suscita na pessoa do tradutor, de forma consciente ou inconsciente, a necessidade de seguir um caminho metodológico. Tratando-se de tradução de literatura(s), as discussões metodológicas remontam a vários séculos, sendo impossível determinar seu exato ponto de partida. À guisa de exemplo, Marco Túlio Cícero (106–43 a.C.), com sua obra O melhor gênero de oradores, e São Jerônimo (340-420 d.C.), tradutor da Vulgata e autor da Carta a Pamáquio, muito precocemente souberam registrar suas elucubrações sobre a prática tradutória de literatura, legando-nos, assim, importantes concepções teóricas ainda hoje reconhecidas e estudadas. Martinho Lutero, no século XVI, também deixou registradas suas ideias sobre o ato de traduzir, ao tentar justificar suas traduções perante a Igreja Católica, que, a partir da publicação dos textos do reformador, passou a considerá-lo um herege, chegando inclusive a excomungá-lo. Embora São Jerônimo e Lutero tenham se dedicado sobretudo à tradução de textos religiosos, as contribuições deixadas por ambos ajudaram – e ainda continuam a ajudar – a fundamentar reflexões sobre o ato de traduzir em geral e, mais especificamente, sobre traduções literárias. Nos séculos XVII e XVIII, períodos de grande fulgor da literatura francesa, estabelece-se um debate sobre como traduzir os autores clássicos conforme o gosto francês. Era a época das Belas Infiéis. Ademais, ainda hoje a contribuição prestada por Friedrich Schleiemacher, com seu célebre ensaio intitulado Sobre os Diferentes Métodos de Traduzir (1813), lança luz nas discussões sobre o traduzir e nas decisões tomadas por tradutores em seu afã de verter obras literárias nos mais diferentes vernáculos. No século XX, assistiu-se ao estabelecimento da disciplina de Estudos da Tradução, com a contribuição direta de James Holmes (1972), e ao surgimento de vários trabalhos na área de teoria(s) da tradução e suas várias dependências. No Brasil, se as primeiras contribuições surgiram nos anos 1950 com Paulo Rónai, as publicações foram-se amiudando notadamente ao longo das décadas de 1980, 1990, 2000 e 2010. Neste dossiê, serão discutidas questões envolvendo a prática da tradução literária apoiada em alguma das teorias existentes sobre o ato de traduzir. No vasto campo da tradução literária, esperamos ver contemplados os mais diversos gêneros literários, as mais diferentes épocas dos textos cotejados, assim como as mais variadas combinações de línguas/culturas e reflexões sobre a circulação de literatura(s) mediante versões. Este dossiê também abrigará traduções de textos literários curtos (até 30 páginas), cujos direitos autorais já estejam extintos, assim como resenhas de livros nacionais ou estrangeiros sobre tradução literária publicados nos últimos três anos.

Organizadores: Ebal Sant’Anna Bolacio Filho (UERJ) e Tito Lívio Cruz Romão (UFC). 

Período de submissão: 16 de agosto a 16 de outubro de 2018 (PRAZO PRORROGADO ATÉ 20 DE NOVEMBRO DE 2018).

Revista Vazantes

A Revista Vazantes é uma publicação semestral vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Artes, do Instituto de Cultura e Artes, da Universidade Federal do Ceará. A revista pensa e divulga a arte como um campo de forças que vaza delimitações duras e homogêneas. Arte como fuga, como escape, como resistência.