Bibliotecário de referência e tutoria em educação a distância on-line

Palavras-chave: Bibliotecário de Referência. Educação a Distância On-line. Tutoria.

Resumo

Introdução: Com o surgimento da pandemia da Covid-19 em 2020, o mundo teve que mudar hábitos para conter a doença, e um deles foi cumprir o isolamento social. Vários setores tiveram que usar a Internet, e a Educação foi um deles. Na cidade de Fortaleza, uma universidade pública, em caráter de urgência, promoveu oficinas para docentes e discentes monitores, com o intuito de eles planejarem suas aulas e produzirem seus materiais didáticos. Nestas oficinas, a presença de uma bibliotecária de referência colaborou com o processo de tutoria on-line. Metodologia: A partir da vivência de atuação bibliotecária em tutoria de EaD on-line foi adotada uma pesquisa bibliográfica e descritiva com cunho qualitativo, servindo de base para o relato de experiência. Resultados: Observou-se que o bibliotecário, na tutoria on-line, possui habilidades para desenvolver funções, como: orientações sobre fontes de informações, pesquisa, curadoria, entre outras. Conclusão: O bibliotecário de referência tem em sua formação competências e habilidades, seja para atuar presencialmente ou virtualmente, e, portanto, está apto para realizar a tutoria informacional em EaD on-line.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Pinheiro da Nóbrega, Universidade Federal do Ceará

Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará. Especialista em Gestão de Sistemas Locais de Saúde e em Metodologia do Ensino e Pesquisa pela Escola de Saúde Pública do Ceará. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará e Graduada em Administração pela Universidade Estácio de Sá. Participa do Grupo de Pesquisa Educação, Tecnologia e Saúde (GETS), Grupo de Pesquisa coordenado pela Professora Dra. Andréa Soares Rocha da Silva e do Grupo de Pesquisa Representação da Informação (GPRI), liderado pelos Professores Doutores Virgínia Bentes Pinto e Heliomar Cavati Sobrinho. Temática de interesse de pesquisa: Relação entre Ciência da Informação: Tecnologias e Educação; Gestão da Informação; Atuação do Profissional Bibliotecário frente às Tecnologias. Foi bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). Presta consultoria na área de normalização bibliográfica e gestão da informação. Ministra aulas nos seguintes temas: educação, normalização bibliográfica, metodologia da pesquisa científica, aprendizagem baseada em problemas, gestão e comunicação. É membro do Conselho Editorial da Editora IMAC.

Gabriela Belmont de Farias, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2014). Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Graduada em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003). Docente de graduação e pós-graduação da Universidade Federal do Ceará. Líder do Grupo de Pesquisa ?Competência e Mediação em Ambientes de Informação. Membra da Diretoria da Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN), gestão 2016-2019. Vice-coordenadora do Grupo de Trabalho 'Informação, Educação e Trabalho' (GT-6), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB), gestão 2017-2018. Desenvolve pesquisa na área de Ciência da Informação, com ênfase nos seguintes temas: Competência, Gestão, Recursos, Serviços de informação, Ensino de Biblioteconomia e Informação Científica e Tecnológica.

Andréa Soares Rocha da Silva, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Ceará (1993), mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Ceará (1998) e doutorado em Educação pela FACED/UFC (2009). Professora Associada I do Departamento de Fisioterapia, e professora do Mestrado Profissional em Saúde da Família (MPSF/UFC/RENASF) e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFC). Coordenadora do Grupo Educação, Tecnologia e Saúde (GETS). Experiência em pesquisa na área de Educação a Distância e Informática em Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: educação a distância, avaliação, tecnologia educacional, sistemas de informação, software, informática em saúde e bases de dados.

Referências

ANNA, Jorge Santa. Atuação profissional na normalização bibliográfica: um campo promissor para o bibliotecário. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 15, n. 2, p. 216-236, maio/ago. 2019.

ACCART, Jean Philippe. Serviço de referência: do presencial ao virtual. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2012.

ANDRADE, Robéria de Lourdes de Vasconcelos; ANDRADE, Wendia Oliveira de. Usuários da informação perfilados com base na ciência da informação. Revista Conhecimento em Ação, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 105-114, jan./jun. 2016.

ARAÚJO, Eliany Alvarenga de. Centros de informação popular e o bibliotecário. Revista ACB, v. 2, n. 2, 1997. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/318/366. Acesso em: 25 fev. 2021.

BERTI, Ilemar Christina Lansoni Wey; ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Estudos de usuários e práticas informacionais: do que estamos falando? Informação & Informação, Londrina, v. 22, n. 2, p. 389-401, maio/ago. 2017.

CARVALHO, Jonathas. Estudos de usuários da informação. Revista Biblioo Cultura Informacional, ano 8, n. 2, jun. 2018. Disponível em: https://biblioo.info/estudos-de-usuarios-da-informacao/. Acesso em: 24 fev. 2021

CORRÊA, Elisa C. D. Usuário, não! Interagente: proposta de um novo termo para um novo tempo. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 19, n. 41, p. 23-40, set./dez. 2014.

CUNHA, Murilo Bastos. Metodologias para estudo de usuários de informação científica e tecnológica. Revista de Biblioteconomia, v. 10, n. 2, p. 5-19, jul./dez. 1982.

DAMIAN, Ieada Pelógia Martins; CASTRO FILHO, Claudio Marcondes de. Dimensões do serviço de referência virtual: uma análise do ponto de vista dos usuários. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 14, n. 1, p. 3-18, jan./abr. 2018.

FIGUEIREDO, Nice. Metodologia conceitual para a prevenção de erros no serviço de referência. Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 6, n. 2, p. 87-98, 1977.

FIGUEIREDO, Nice Menezes. Textos avançados em referência & informação. São Paulo: Polis, 1996. (Coleção Palavra-chave, n. 6).

GROGAN, Denis. A prática do serviço de referência. Tradução de Antonio Agenor Briquet de Lemos. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1995. Título original: Pratical reference work.

LIMA, Arabelly Ascoli de; LIMA, Marcos Galindo de. Curadoria digital como parte da formação do bibliotecário: identificando competências em perfis curriculares. Archeion Online, João Pessoa, v. 6, n. 2, p. 105-118, jan./jun. 2019. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/archeion/article/view/46176. Acesso em: 25 fev. 2021.

LIMA, Gracirlei Maria de Carvalho; ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Serviço de referência: práticas informacionais do bibliotecário. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 16, p. 1-23, 2020. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1336. Acesso em: 25 fev. 2021.

LIMA, Gracirlei Maria de Carvalho. Serviço de referência: práticas informacionais do bibliotecário. 2018. 193 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

MACEDO, Neusa Dias de; MODESTO, Fernando. Equivalências: do serviço de referência convencional a novos ambientes de redes digitais em bibliotecas. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 38-54, 1999.

MACEDO, Neusa Dias de. Princípios e reflexões sobre o serviço de referência e informação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 23, n. 1/4, p. 9-37, jan./dez. 1990. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/article/download/18785. Acesso em: 24 fev. 2021.

MANGAS, Sérgio Filipe Agostinho. Como planificar e gerir um serviço de referência. Biblios, n. 28, p. 1-31, abr./jun. 2007.

MARTINEZ-SILVEIRA, Martha; ODDONE, Nanci. Necessidades e comportamento informacional: conceituação e modelos. Ciência da Informação, v. 36, n. 1, p. 118-127, maio/ago. 2007.

NASCIMENTO, Bruna Laís Campos do et al. Produtos e serviços de referência virtual: proposta de implantação no website do sistema de bibliotecas do Senac-RN. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 41 n. 2/3, p. 165-173, maio/dez. 2012.

NASCIMENTO, Maria de Jesus. Usuário da informação como produção científica e disciplina curricular: origem dos estudos e o ensino no Brasil. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 8, n. 2, p. 41-71, jan./jun. 2011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1933. Acesso em: 24 fev. 2021.

PIRES, Maria Matilde Kronka Dias Daniela. Usos e usuários da informação. São Carlos: EdUFSCar, 2004.

REFERENCE AND USER SERVICES ASSOCIATION. Guidelines for implementing and maintaining virtual reference services. [S.l.]: Reference and User Services Association, 2017. Disponível em: http://www.ala.org/rusa/sites/ala.org.rusa/files/content/GuidelinesVirtualReference_2017.pdf. Acesso em: 24 fev. 2021.

SILVA, Andréa Soares Rocha da; MENDES, Luan dos Santos; NÓBREGA, Paula Pinheiro da (org.). Produção de aulas remotas: tutoriais e guias didáticos. Fortaleza: Grupo Educação, Tecnologia e Saúde da Universidade Federal do Ceará, 2020. 107 p.

SILVA, Chirley Cristiane Mineiro da. O perfil do bibliotecário de referência das bibliotecas universitárias do Estado de Santa Catarina. 2006. 114 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

SILVA, Thiago de Lima. Atuação dos profissionais do serviço de referência da Biblioteca Nilo Peçanha do Instituto Federal da Paraíba. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 25., 2013, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: [s.n.], 2013.

SOUZA, Terezinha de Fátima Carvalho de; SOUZA, Sânia Luiz. Serviços virtuais das bibliotecas da Universidade Federal de Minas Gerais: potencial para o oferecimento de serviços de referência virtual. Bibliotecas Universitárias, Belo Horizonte, v. 3, n. 1, p. 3-14, jan./jun. 2016.

VILLELA, Ana Paula. O papel do tutor na educação a distância. 2018. 124 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Sapucaí, Pouso Alegre, 2018.
Publicado
2021-05-30
Como Citar
NÓBREGA, P. P. DA; FARIAS, G. B. DE; SILVA, A. S. R. DA. Bibliotecário de referência e tutoria em educação a distância on-line. Informação em Pauta, v. 6, n. especial, p. 53-70, 30 maio 2021.

Artigos do(s) mesmo(s) autor(es) mais lidos