Um estudo sobre rotatividade de pessoal a partir das entrevistas de desligamento em uma instituição hospitalar privada

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29148/labor.v1i25.43267

Resumo

O mundo do trabalho encontra-se cada vez mais exigente e competitivo, urgindo por estratégias de gestão de pessoas que prezem pela retenção de talentos. Isso porque a rotatividade de pessoal, ou turnover, possui influência negativa sobre a saúde dos trabalhadores e organizacional, podendo ser considerada um sintoma do mal-estar na relação homem-trabalho-organização. Assim, conhecer as razões que comumente levam os trabalhadores a se desligar de uma organização é imprescindível para efetuar seu controle, prevenindo danos através de ações direcionadas. A partir disso, esta pesquisa se propôs a investigar e analisar o índice de turnover de uma instituição hospitalar privada, bem como suas causas, utilizando a entrevista de desligamento como ferramenta de coleta de dados. Foi encontrado um elevado índice de rotatividade (40,8%) na instituição pesquisada. Dentre as causas apontadas, estão: desvalorização dos trabalhadores; sobrecarga; despreparo do gestor e falta de liderança; baixos salários; falta de benefícios; presença de trabalhadores com perfil incompatível com o cargo; falhas no acompanhamento do processo de integração; problemas relativos ao ambiente de trabalho e relações interpessoais conflituosas. Como contribuição do estudo à organização e a seus trabalhadores, foram apresentadas algumas ações estratégicas vinculadas a uma proposta de boas práticas de gestão de pessoas.

Biografia do Autor

Ana Letícia Turino, Faculdade de Ciências, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Graduada em Psicologia pela Faculdade de Ciências, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", campus de Bauru.

Edward Goulart Júnior, Faculdade de Ciências, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Professor Assistente Doutor, do Departamento de Psicologia da Faculdade de Ciências, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", campus de Bauru. Membro do Grupo de Pesquisa CNPq-Unesp "Psicologia Organizacional e do Trabalho".

Mário Lázaro Camargo

Professor Assistente Doutor do Departamento de Psicologia da Faculdade de Ciências da Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". Membro do Grupo de Pesquisa CNPq-Unesp "Psicologia Organizacional e do Trabalho".

Downloads

Publicado

2021-04-30

Como Citar

TURINO, Ana Letícia; GOULART JÚNIOR, Edward; LÁZARO CAMARGO, Mário. Um estudo sobre rotatividade de pessoal a partir das entrevistas de desligamento em uma instituição hospitalar privada. Revista Labor, [S. l.], v. 1, n. 25, p. 338–366, 2021. DOI: 10.29148/labor.v1i25.43267. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/43267. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)