RELAÇÕES DE TRABALHO NO TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO EM ASSOCIAÇÕES DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAEs)

Amanda Burchert, Denise Macedo Ziliotto

Resumo


O objetivo deste artigo é identificar aspectos da relação de trabalho existentes em organizações do terceiro setor. A pesquisa se constituiu por uma análise qualitativa e exploratória a partir de entrevistas com gestores de APAEs. Os resultados obtidos indicam a predominância de práticas de contratação e demissão como modalidades de mediação dos vínculos, realizada em parceria com as prefeituras locais. A cedência de servidores pelo município, a ausência de profissionais qualificados na região pesquisada e a identificação dos trabalhadores com as demandas e características das instituições são desafios presentes nestas organizações. Diferentemente do aspecto majoritário do terceiro setor, nas instituições pesquisadas não há membros voluntários em virtude do receio de ações trabalhistas e reduzida articulação da comunidade. Observa-se que a diretoria tem participação efetiva nas decisões, em conjunto com a coordenação pedagógica, e há multifuncionalidade nos processos de trabalho em função do quadro de pessoal restrito.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29148/labor.v1i15.6512

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Labor

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Endereço: Rua Marechal Deodoro, 750 - Quadra da FACED - Prédio do NUPER - Benfica -

CEP 60020-060 - Fortaleza - CE - Ver mapa
Fone: (85) 3366 7435 Fone: +55 (85): 99939-7124

Prédio do NUPER - Térreo

Email : labor@ufc.br

 

Website Hit Counter