L’ABRI laboratório de relações interpessoais: história e perspectivas

  • Susana Kramer de Mesquita Oliveira Universidade Federal do Ceará
  • Cinthia Mendonça Cavalcante Universidade Federal do Ceará
  • Crislanny Fonteles da Silva Universidade Federal do Ceará
  • Francisca Aline Pereira Pontes Universidade Federal do Ceará
  • Gabrielle Lima Feitosa Universidade Federal do Ceará
  • Luís Pereira da Silva Neto Universidade Federal do Ceará
  • Rhebecca Araújo Carneiro Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Sociodrama, Vínculo, Saúde Mental.

Resumo

O artigo apresenta o Laboratório de Relações Interpessoais – L’ABRI, criado em 2014, discutindo-se a adoção de um método de estudo
e intervenção das relações interpessoais o processo de formação de um programa que contemple ensino, pesquisa e extensão, nesta
temática, e a valorização das relações interpessoais no cotidiano vivido e nas intervenções propostas. Também será descrito o modelo de
construção contínua das atividades propostas e dos grupos que participam no L’ABRI, bem como as metas que se apontam, pensadas
a partir do processo de sua constituição até aqui. O eixo teórico orientador é “Vínculo e Saúde Mental e o método utilizado na condução
das atividades tem se fundamentado em propostas fenomenológicas como o Sociodrama (J. L. Moreno) e a Hermenêutica (P. Ricoeur).

Biografia do Autor

Susana Kramer de Mesquita Oliveira, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Psicologia Clínica e Cultura pela Universidade de Brasília (UnB). Professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará
(UFC). Coordenadora do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC.
Cinthia Mendonça Cavalcante, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará
(UFC). Vice Coordenadora do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC.
Crislanny Fonteles da Silva, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC.
Francisca Aline Pereira Pontes, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC.
Gabrielle Lima Feitosa, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC.
Luís Pereira da Silva Neto, Universidade Federal do Ceará
Graduando em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC. Bolsista de Extensão
da Universidade Federal do Ceará.
Rhebecca Araújo Carneiro, Universidade Federal do Ceará
Graduando em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do L’ABRI: Laboratório de Relações Interpessoais – UFC. Bolsista de Extensão
da Universidade Federal do Ceará.
Publicado
2016-07-30
Como Citar
de Mesquita Oliveira, S. K., Cavalcante, C. M., da Silva, C. F., Pontes, F. A. P., Feitosa, G. L., Neto, L. P. da S., & Carneiro, R. A. (2016). L’ABRI laboratório de relações interpessoais: história e perspectivas. Revista De Psicologia, 7(1), 274-284. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/3718
Seção
Relatos de Experiência